top of page
banner niteroi carnaval 780x90px 16 02 24.jpg

Como moeda do BRICS pode proteger os países contra flutuações cambiais


(Foto: Anton Denisov/Sputnik)

A moeda comum do grupo BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) que está em processo de criação, protegerá os países dos riscos gerados pelas flutuações da taxa de câmbio no comércio bilateral, disse à Sputnik Yevgeni Kalianov, da empresa de serviços financeiros BCS World of Investments.


"A criação de uma moeda única para os países BRICS evitará os riscos de mudanças bruscas nas operações comerciais, já que as moedas dos Estados em desenvolvimento são altamente voláteis", disse ele.


Segundo o especialista, a moeda "será supranacional" e os países não terão que abandonar as suas moedas nacionais, "como aconteceu com a chegada do euro".


Além disso, esta moeda permitirá, nas transações comerciais, dispensar da conversão através do dólar, explicou.


O vice-diretor do centro de competências da Iniciativa Tecnológica Nacional junto à Universidade Estatal de Moscou, Sergei Trostiansky, destacou por sua vez que "evidentemente, há uma tendência de o dólar ser cada vez menos utilizado nos pagamentos internacionais".


"Mas embora muitos concordem que é necessário abandonar gradualmente o dólar, ainda não há consenso sobre as alternativas, mesmo dentro do BRICS", disse Trostiansky.


O grupo BRICS é uma parceria econômico-comercial intergovernamental de cinco países em rápido desenvolvimento que representam mais de 20% do Produto Interno Bruto global e 42% da população mundial. Recentemente países como Argentina, Arábia Saudita, Argélia, Egito, Indonésia, Irã, Turquia e outros mostraram interesse em aderir ao grupo.


Fonte: Agência Sputnik

Chamada Sons da Rússia5.jpg
banner niteroi carnaval 300x250px 16 02 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page