top of page

Conferência parlamentar Rússia-AL encerra trabalhos em Moscou

A primeira conferência parlamentar internacional Rússia-América Latina concluiu seus trabalhos na capital russa. O evento começou na sexta-feira, 29 de setembro, e terminou nesta segunda-feira, 2 de outubro, segundo informa Prensa Latina, o parceiro da rede TV BRICS.

Reprodução

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez um discurso de boas-vindas na abertura da conferência. Em particular, ele lembrou que a Rússia tem laços políticos, econômicos, comerciais e culturais de longa data com os países latino-americanos, que estão sendo renovados e expandidos de acordo com a agenda global em constante mudança.


"Quanto às nossas relações diretas com os países latino-americanos, eu destacaria vários aspectos que considero prioritários. Essas relações são, em primeiro lugar, amigáveis, construtivas e mutuamente benéficas. Elas estão se desenvolvendo com base na igualdade e na consideração mútua de interesses. Nossos ativos comuns incluem uma série de grandes projetos de investimento e de alta tecnologia mutuamente benéficos. Um alto nível de cooperação é mantido com os países latino-americanos na esfera humanitária. O número de países com os quais estabelecemos um regime de isenção de visto está crescendo constantemente - atualmente abrange 27 estados latino-americanos. Isso abre novas oportunidades para intercâmbios comerciais, científicos e culturais, bem como para aumentar os fluxos de turistas", destacou Putin.


O porta-voz da Duma, Vyacheslav Volodin, disse que mais de 200 representantes do continente sul-americano participaram, incluindo parlamentares, figuras públicas e diplomatas da América Latina e do Caribe. Eles discutiram questões atuais da agenda parlamentar internacional, fortalecendo a cooperação com seus colegas russos. Muitas reuniões bilaterais foram realizadas durante o evento.


A conferência incluiu mesas redondas dedicadas à cooperação econômica igualitária e mutuamente benéfica, bem como ao desenvolvimento de laços humanitários entre a Rússia e a América Latina.


Os participantes falaram sobre o papel da diplomacia parlamentar na construção de um mundo multipolar justo e na abordagem de questões de segurança.


O evento foi encerrado com uma sessão plenária, realizada na Duma, sobre o tema "Rússia e América Latina: cooperação para um mundo justo para todos".


Anteriormente, Volodin observou que mais e mais países estão optando por uma política independente, adotando um modelo de desenvolvimento baseado na proteção de seus interesses nacionais e vendo a Rússia como um parceiro confiável com quem as relações podem ser construídas com base na igualdade e no respeito mútuo.


Fonte: TV BRICS

Komentarai


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page