top of page

Connect Smart Cities 2023: Niterói é 1ª em Governança

Niterói conquistou o 5 º lugar geral e o primeiro na categoria Governança no ranking do prêmio Connect Smart Cities 2023, divulgado nesta segunda-feira (4/9), em São Paulo. O município também ficou no primeiro lugar entre as cidades que têm de 100 mil a 500 mil habitantes. O Cidades Inteligentes, Humanas e Conectadas é um evento nacional de negócios e conexões de cidades inteligentes e mobilidade urbana do Brasil, realizado desde 2015.

Divulgação / Prefeitura de Niterói

Ao longo dos anos, a Prefeitura de Niterói vem aprimorando o trabalho desenvolvido na cidade, resultando que vem se refletindo nos rankings. Na primeira edição do Connect Smart Cities, em 2015, a cidade ocupava a 17º posição geral. Em 2020, o município já alcançava a 11º posição e, neste ano, chegou ao 5º lugar. O prefeito de Niterói, Axel Grael, destaca que a premiação comprova o bom trabalho desenvolvido na cidade nos últimos anos.


“Uma cidade inteligente é aquela que utiliza as ferramentas tecnológicas em benefício de seus cidadãos, seja para inclusão social, sustentabilidade, avanços na qualidade de serviços, soluções urbanísticas, geração de empregos ou novos negócios. Desde 2013, Niterói orienta as políticas públicas para alcançar metas. O quinto lugar nacional é um reconhecimento às práticas voltadas ao governo mais digital, inteligente e inclusivo”, pontua Axel.


Além da premiação, a Prefeitura de Niterói estará presente em outras atividades durante o evento. A secretária de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag), Ellen Benedetti, participa do Fórum Inova Cidades, enquanto a equipe da Seplag apresenta a Estratégia do Governo Digital. Além disso, a experiência de Niterói com o Colab será apresentada por Fernando Stern, Coordenador de Comunicação Digital e Relacionamento com o Cidadão. Também participa do evento o Subsecretário da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, Mateus Quintão.


“Niterói tem avançado bastante em políticas públicas fundamentais para a qualidade de vida da população, instituindo grandes marcos normativos para uma gestão cada vez mais eficiente. Iniciativas como a Estratégia de Governo Digital, a instituição de um Sistema de Avaliação e Gestão da Informação e a Política de Atendimento ao Cidadão são exemplos importantes para a governança de uma cidade inteligente e contribuem para a melhoria dos diversos indicadores mapeados pelo ranking. Desde 2013, estamos trabalhando no planejamento e na modernização da gestão e ficamos muito felizes com resultados como esse”, afirma a secretária de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Ellen Benedetti.


Niterói avança rumo a um Centro de Inovação relativo aos cinco eixos prioritários (Saúde, TIC, Economia do Mar, Economia Criativa e Energias Renováveis e Descarbonização) junto a um Polo de Economia Criativa. Desta forma, grandes e pequenas empresas, corpo acadêmico, demais profissionais, terão um ambiente propício a troca de conhecimento e desenvolvimento de produtos, serviços e novos negócios.

Divulgação / Prefeitura de Niterói

Niterói no Ranking


Niterói subiu doze posições desde o início da premiação, saindo de 17º para o 5º lugar. Os resultados também estão ligados aos índices de Niterói como saneamento básico (100% de tratamento e abastecimento de água, cobertura de 95,55% no atendimento e 100% no tratamento de esgoto). Outras iniciativas também fazem parte do sucesso da cidade no Smart Cities, como o Plano Estratégico Niterói Que Queremos 2013-2033 que inclui o SiGeo, COLAB, Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), o Centro de Controle e Operação (CCO), o lançamento do Portal de Serviços e o Processo Eletrônico.


A Moeda Social Arariboia, lançada em 2021 e recentemente ampliada, é outro fator que alavanca Niterói. Atendendo, atualmente, cerca de 90 mil pessoas, o programa de transferência de renda já injetou mais de R$ 183 milhões na economia da cidade, auxiliando a população em maior vulnerabilidade social e também comércios periféricos.


Ao lado de Economia do Mar, o setor de serviços de Cidade Inteligente é a área que apresenta grande potencial indutor de desenvolvimento econômico e tecnológico para a cidade. Em fevereiro deste ano, a Prefeitura lançou o Plano Municipal de Cidade Inteligente, Humana e Sustentável, elaborado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, que será um instrumento de diretrizes estratégicas gerais, princípios e visões para ações de desenvolvimento econômico, social e ambiental, do município.


A Prefeitura de Niterói ainda segue investindo em estratégias com orientação para a transformação digital, incubação de startups, implantação de plataformas digitais urbanas, parcerias para fortalecer o ambiente de inovação e tecnologia da cidade, criação e regulação de SandBox Regulatório e Living Labs, apoio ao empreendedorismo inovador a partir de soluções tecnológicas e do ecossistema de inovação da cidade, atualização do Observanit e Mobnit, entre outras ações.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói


Comentarios


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page