Conselho de Ética decide por cassar mandato de Flordelis


Por 16 votos 1, o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados aprovou o relatório do deputado Alexandre Leite (DEM), decidindo cassar o mandato da deputada Flordelis, acusada pela polícia fluminense de ser a mandante do assassinato do seu marido, o pastor Anderson do Carmos, em junho de 20119.

Márcio Labre (PSL) foi o único deputado que votou a favor de Flordelis. A cassação do mandato, porém, ainda depende do plenário da Casa, que irá apreciar a indicação do Conselho de Ética. São necessários 257 para confirmar a cassação, ou seja, a maioria dos deputados deverá confirmar o parecer do Conselho de Ética em data ainda a ser marcada.

A edição digital do TODA PALAVRA publicou nesta segunda-feira, 7, em primeira mão no país, a repercussão que o caso Flordelis ganhou na revista norte-americana The New Yorker, que publicou reportagem especial e anunciou que a Netflix está produzindo uma série sobre o fato.


Matéria em apuração

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg