Covas é reeleito em São Paulo sem maioria na Câmara


Bruno Covas (PSDB) foi reeleito com alianças, formando coligação de 11 partidos (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

Bruno Covas (PSDB), de 48 anos, foi reeleito prefeito de São Paulo com 59,38% dos votos válidos. De acordo com dados do Tribunal Regional Eleitoral, Covas fez a campanha mais cara, com gastos de R$ 19,4 milhões. Guilherme Boulos (PSOL), de 38 anos, que teve 40,62% dos votos, gastou R$ 3,4 milhões. Antes mesmo do encerramento da apuração, Boulos ligou para parabenizar Covas. Após a confirmação do resultado, Boulos agradeceu aos eleitores e afirmou que o PSOL vai vencer um dia. "A gente vai ganhar. A gente vai vencer. Não foi nessa eleição, mas a gente vai ganhar", disse. Votos brancos e nulos totalizaram 14,15%.

Covas foi reeleito com alianças políticas, formando coligação de 11 partidos (PSDB, MDB, PP, Podemos, PSC, PL, Cidadania, DEM, PTC, PV e PROS). Apesar da vitória, Covas não terá maioria na Câmara Municipal. A coligação elegeu 25 vereadores entre os 55 que compõem o legislativo municipal.


300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif