Covid-19: Rio tem um domingo como outro qualquer


Praia de Ipanema, altura do Arpoador, neste domingo: desrespeito às regras da Prefeitura (Reprodução)

Com 9.880 mortes até o momento por Covid-19 - número maior que o de alguns países, como a Argentina (9.807), a Alemanha (9.330) e o Canadá (9.192) -, a cidade do Rio de Janeiro viveu mais um domingo como outro qualquer desde o início das fases 5 e 6 de flexibilização do isolamento social. Com o banho de mar liberado e o horário de bares ampliados, os cariocas voltaram a desrespeitar as regras de ouro, como o uso de máscara e distanciamento seguro, ainda impostas pela pandemia, neste domingo (6) de sol e temperatura de 24 graus. Mesmo com proibição da Prefeitura, as areias da praia ficaram cheias de banhistas e camelôs, barracas, cadeiras e isopores.

A praia de Ipanema foi uma das mais movimentadas, principalmente no trecho próximo ao Arpoador, e não havia fiscalização no local por volta das 10 horas, inclusive com vários resgates de banhistas feitos pelo Grupo de Busca e Salvamento dos Bombeiros, de acordo com a Globonews.



300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif