Criança morre afogada em cisterna de casa em Niterói


Foto: Divulgação

Um menino de três anos morreu após se afogar em uma cisterna no quintal de sua casa, no bairro Caramujo, em Niterói, no final da noite de segunda-feira (26/7). A criança estava sob o cuidado dos irmãos mais velhos.


Carla Felix, de 31 anos, mãe do pequeno João Lucas de Sá Felix, de três anos, estava trabalhando no momento em que aconteceu a tragédia. Para sustentar os filhos, que cria sozinha e sem ajuda, ela faz faxinas durante o dia e, à noite, para complementar a renda da família, trabalha como garçonete em um bar ao lado de casa


A mãe do menino afirmou que não deixou o filho sozinho, mas, sim, com os irmãos mais velhos, de 14 e 5 anos, e disse também que a todo momento ia até sua casa, durante intervalos no trabalho, para conferir como as crianças estavam. Ela também disse que eles tinham hábito de brincar no portão da residência, de onde ela ficava observando.


A criança chegou a ser levado para o Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca, mas não resistiu. Os pais do pequeno foram levados para a 78ªDP (Fonseca) para prestar depoimento e foram liberados em seguida. O corpo da criança foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) do Barreto, em Niterói.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif