Crivella "aliviou" demolição de casa de Romário, na Barra


Senador Romário (Pode-RJ) apoiou Marcelo Crivella (Republicanos-RJ) no segundo turno em 2016 (Divulgação)

O prefeito Marcelo Crivella (Republicanos-RJ) e o senador Romário (Podemos-RJ) já se estranharam publicamente algumas vezes. Porém, indicam as investigações do Ministério Público, não depois de um certo dia 15 de março em que o empresário Rafael Alves, apontado como operador do suposto esquema do “QG da propina” na Riotur, intercedeu junto ao prefeito para impedir a demolição de uma casa de Romário na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Parte da construção está dentro de área pública e a Secretaria Municipal de Urbanismo já havia publicado em diário oficial a ordem de derrubada da Prefeitura. Mensagens retiradas do celular de Rafael revelam que Crivella cuidou do assunto “pessoalmente” naquele dia de 2018.

“Soube agora que amanhã vão demolir a casa do Romário [numa área de 1.575 metros quadrados com campo de futebol]. Se o senhor puder tentar segurar isso. Ele me ligou aqui e foi nosso companheiro. Isso destruiria a vida dele. Ele disse que quer ir lá e regularizar o que for necessário. E com isso acaba essas brigas bobas e indiferenças. Somos pessoas de bem”, escreveu Rafael, recordando as alfinetadas públicas entre o senador e o prefeito que haviam ocorrido pouco antes. No segundo turno em 2016, Romário havia apoiado Crivella contra Marcelo Freixo, do PSOL.

No minuto seguinte, veio a resposta de Crivella: “Claro, amigo. Me dá o endereço”.

Em seguida, Rafael informou a localização, e o prefeito respondeu com um "ok".

No dia seguinte, Rafael enviou uma mensagem a um interlocutor perguntando se Romário “estava calmo” e havia ficado “feliz”. O interlocutor responde que sim, já que o prolema havia sido “segurado”.

Para o Ministério Público, as mensagens revelam, além do “dolo do prefeito Marcelo Crivella", também a influência de Rafael Alves na Prefeitura do Rio, pois, segundo os promotores, “diz respeito a um pedido pessoal, imediatamente atendido, para evitar a demolição da casa do Senador da República Romário”.

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

1/3
300x250px - para veicular a partir do di
Leia também: