Crivella vai contra a população e decide abrir escolas


Pesquisa mostra que maioria dos brasileiros acha que as escolas devem continuar fechadas (Foto: Agência Brasil)

Pesquisa do Datafolha divulgada neste sábado (27) aponta que 76% da população são contra a reabertura das escolas por causa da pandemia. Indo na contramão da opinião da população, o prefeito de Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), candidato à reeleição este ano, anunciou que as escolas e creches particulares poderão retornar as atividades já a partir do dia 10 ou 15 do próximo mês.

Ao mesmo tempo que cede à pressão de donos de escolas privadas, o prefeito ressalva que a volta às aulas será voluntária para professores e alunos, o que, na prática, significa transferência de responsabilidade de decisão. O acordo definitivo com o sindicato da categoria e donos de escolas deverá ser firmado em reunião marcada para a próxima semana.

Já a rede municipal deve seguir o calendário do plano de reabertura da Prefeitura, retomando as atividades a partir de 1º de agosto para alunos do pré-escolar e das turmas do 5o ao 9o ano.

Por enquanto, à exceção do município do Rio, nenhum estado decidiu reabrir as escolas. Apenas há governos que já estudam a reabertura entre agosto e setembro deste ano.

Até esta sexta-feira (26), o Rio 55.152 casos confirmados e 6.264 mortes por Covid-19. Dos 137 óbitos pelo novo coronavírus ocorridos no estado em 24 horas, 103 foram na capital.

Datafolha

A pesquisa mostra que a maioria dos brasileiros é contra a reabertura imediata das escolas. A posição contrária à reabertura se estende por todas as faixas sociais, de renda e regiões do país. No geral, segundo a pesquisa, 76% dos brasileiros afirmam que as escolas devem permanecer fechadas devido à pandemia da Covid-19.

A porcentagem contrasta com a visão sobre a reabertura do comércio. O Datafolha aponta que 52% da população apoia a reabertura dos estabelecimentos comerciais, posição defendida por 21% dos entrevistados no caso das escolas. Por enquanto, nenhum estado decidiu reabrir as escolas mas, há unidades federativas que já estudam a reabertura entre agosto e setembro deste ano.

Entre os segmentos estudados pela pesquisa, a principal diferença de opinião foi encontrada entre os que apoiam e não apoiam o presidente brasileiro Jair Bolsonaro. Entre os que apoiam, 38% das pessoas afirmam que as escolas devem reabrir. A mesma opinião é compartilhada por 9% dos entrevistados entre os que não apoiam o presidente.

A pesquisa por telefone ouviu 2.016 pessoas de todo o país entre a terça-feira (26) e a quarta-feira (24). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O Brasil é o segundo país do mundo com mais casos e mortes causadas pela Covid-19. Segundo os dados mais recentes do Ministério da Saúde, são 1.274.974 casos confirmados e 55.961 óbitos em decorrência do novo coronavírus.


300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif