top of page

Datafolha: Lula amplia vantagem sobre Bolsonaro


(Foto: Ricardo Stuckert)

De acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (9), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não teria dificuldade de vencer a eleição presidencial de 2022 enfrentando o presidente Jair Bolsonaro. Lula aparece com 46% das intenções de voto contra 25% de Bolsonaro (sem partido). Lula lidera nos dois cenários apresentados para o eleitor e em todas as simulações de disputa de segundo turno, no qual bateria Bolsonaro por 58% a 31%.

Lula teria 66% dos votos de eleitores com ensino fundamental.

Bolsonaro se destaca entre os eleitores com mais renda, com 48% dos que ganham de cinco a dez salários mínimos. Entre os que estão desempregados, 18% votariam em Bolsonaro, assim como 13% dos homossexuais e bissexuais que responderam a pesquisa.

Bolsonaro também sairia derrotado se enfrentasse o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) no segundo turno. Ciro aparece com 50%, enquanto o presidente, 34%.

No levantamento em que os nomes dos candidatos são expostos aos entrevistados, Ciro cresce nas intenções de voto, mas a disputa pela terceira via continua indefinida. Nesse cenário, Ciro é o terceiro, com 8%. Já o governador João Doria (PSDB) tem 5% e o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM) tem 4%. Como a margem de erro é de dois pontos percentuais, Doria e Mandetta estão empatados tecnicamente.

A pesquisa questionou também em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum em 2022. Bolsonaro tem o maior percentual de rejeição nas urnas, 59%. Lula e João Doria aparecem empatados, com 37%, seguidos por Ciro Gomes, com 31% e Mandetta, com 23%.

O Datafolha ouviu 2.074 eleitores, de forma presencial, entre o dia 7 e 8 deste mês.

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page