Defesa Civil de Niterói lança Plano de Verão com foco em prevenção


A Prefeitura de Niterói lançou, nesta segunda-feira (29/11), o Plano de Verão e Defesa Civil, com foco na prevenção e preparação de equipes para as chuvas de verão, além de informar como as pessoas podem se prevenir de possíveis desastres. Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia e apresentado na data em que se comemora o Dia Estadual de Redução de Risco de Desastres, o programa conta com um novo sistema que utiliza em seu desenvolvimento conhecimentos das áreas de Engenharia de Dados, Inteligência Artificial, Otimização e Visualização de Informação para a compilação e integração de dados meteorológicos e outras informações.


Foto: Douglas Macedo / Prefeitura de Niterói

O sistema foi desenvolvido a partir do Programa de Desenvolvimento de Projetos Aplicados (PDPA), uma parceria com a Universidade Federal Fluminense.


O prefeito de Niterói, Axel Grael, ressaltou a qualidade e a importância da Defesa Civil de Niterói e do trabalho de prevenção e treinamento das equipes e até da população para saber como agir em situações de emergência.


“A apresentação foi estruturada com planejamento e capacidade de resposta que já foi comprovada em outras situações. A Defesa Civil de Niterói é reconhecida pela qualidade e abrangência do seu trabalho, incluindo o controle de queimadas e incêndio em vegetação, que é muito importante porque Niterói tem um grande esforço de recuperação dos ecossistemas e encostas. O plano é uma ação conjunta de vários órgãos do governo e têm a responsabilidade de agir com foco na prevenção”, destacou o prefeito.


Para viabilizar a gestão dos dados, foi realizada a modelagem de um Data Warehouse (modelo de banco de dados multidimensional onde as informações podem ser agregadas de forma simples) que integra dados de chuva provenientes de múltiplas fontes, além de dados de ocorrências de deslizamentos/alagamentos e dados de avisos/alertas emitidos à população pela Defesa Civil de Niterói.


O novo sistema utiliza as informações armazenadas no Data Warehouse para prover acesso eficiente aos dados e estratégias de aprendizado de máquina para identificar padrões relevantes no histórico de dados de forma automática, possibilitando a identificação de cenários anteriores e dando subsídios para elaboração de estratégias e ações de respostas visando a mitigação dos impactos da chuva na cidade.


O secretário de Defesa Civil e Geotecnia, Wallace Medeiros, falou da importância do Programa Chuvas de Verão e do trabalho que vem sendo desenvolvido pela secretaria como forma de evitar desastres.


“O verão é a época em que temos pancadas de chuvas fortes e constantes. É o momento de aumentar a atenção e concentrar todos os esforços por conta dos riscos associados às tempestades. Estamos nos antecipando com medidas preventivas e de preparação para lidar com os riscos e evitar desastres, uma premissa do Sistema de Defesa Civil de Niterói. O novo sistema vai auxiliar e concentrar os esforços da Defesa Civil nos locais que precisam de uma maior atenção devido ao histórico de ocorrências”, explicou o secretário.


Segundo Wallace Medeiros, as diversas obras de contenção de encosta e de drenagem, que vem sendo feitas pelo município ao longo dos últimos anos, somadas a um sistema de monitoramento meteorológico e a uma comunicação eficaz com a população, principalmente com os voluntários dos Núcleos de Defesa Civil, caracterizam bases importantes para a construção de uma Niterói cada vez mais resiliente e segura.


A previsão para este período, que abrange os meses de novembro a abril, é de um verão típico, com pancadas de chuvas com grandes volumes em pequenos intervalos de tempo e, nos momentos de estiagem, a previsão é de calor e ventos, o que pode favorecer os incêndios de vegetação, com as queimadas.


O plano foi apresentado com o objetivo de detalhar as ações emergenciais a serem desempenhadas em situações de emergência provocadas por chuvas intensas, mas também traça as estratégias de prevenção com apoio de diversos órgãos. O plano inclui as atuações pré e pós situações de alagamentos, deslizamentos, desabamentos e queimadas.


O tenente coronel Deyve Barreto, que representou o 3º Grupamento do Corpo de Bombeiros e já integrou a equipe da Secretaria de Defesa Civil do município, destacou que o papel da corporação é de salvar vidas. “Nossa intenção é passar por esse período sem perdas. A gente trabalha todos os dias para isso”. O Corpo de Bombeiros é parte estratégica do Plano de Verão e Defesa Civil e trabalha de forma integrada com os órgãos municipais.


Simulação


Durante esta semana, a Secretaria de Defesa Civil e Geotecnia vai realizar diversas ações voltadas à temática de redução de riscos e resiliência. A Semana de Proteção e Defesa Civil de Niterói começou no sábado (27), com o exercício simulado com o objetivo de preparar a população para a necessidade de evacuação diante do alerta de sirenes em casos de chuvas intensas.


O exercício age no treinamento dos moradores e coloca em prática o aprendizado dos voluntários formados nos Núcleos de Defesa Civil (Nudecs). As atividades se estendem com ações que envolvem os agentes das administrações regionais, da Guarda Municipal, agentes de trânsito, funcionários das Clínicas do Médico de Família, equipes das defesas civis dos municípios da região metropolitana e funcionários do Plaza Shopping Niterói, por ser um local de grande concentração de pessoas.


Vários órgãos estão envolvidos nas atividades como os órgãos de segurança, Defesa Civil, Trânsito, SAMU, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Estado de Defesa Civil, Exército, ENEL, Naturgy, Ecoponte, Águas de Niterói, CLIN e Administração do Parque Estadual da Serra da Tiririca (PESET).


A Secretaria de Defesa Civil tem 128 Nudecs e mais de 2400 voluntários pela cidade. O sistema de monitoramento conta, atualmente, com 46 pluviômetros, sendo 30 de operação da secretaria e 16 do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e 37 sirenes espalhadas pelas comunidades, com alcance de mais de 120 mil pessoas. Além disso, a secretaria conta com pouco mais de 30 pontos de apoio para a população nos casos de acionamento de sirene e riscos de deslizamentos e desabamentos que podem ser consultados por meio do aplicativo Alerta DCNit, no ícone sirenes – pontos de apoio.


O Centro de Monitoramento e Operações da Defesa Civil de Niterói envia informes conforme necessidade e atualizações. Em caso de emergência, é possível ligar para os telefones 199 ou 2620-0199. A Defesa Civil conta com plantão 24h de monitoramento meteorológico, com envio detalhado de informações sobre a previsão do tempo e de avisos através do aplicativo Alerta DCNIT, SMS (40199) e grupos no WhatsApp.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

300X350px_Negra.gif
1/3