Demonização da Rússia nos EUA se esgotou, diz Moscou


Maria Zakharova, representante oficial do Ministérios das Relações Exteriores russo (Sputnik/Evgenya Novozhenina)

Os Estados Unidos são os responsáveis pelo impasse nas relações entre Moscou e Washington, disse Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

"Penso que é preciso dizer aqui que eles [EUA] não só levaram as relações bilaterais com a Rússia a um impasse, penso que sua própria ideologia está em um impasse. O que virá a seguir? O fator russo, com o qual eles andam obcecados como um Santo Graal, como uma espécie de relíquia, mencionando a propósito e despropósito tudo o que tenha a ver com Moscou, o Kremlin e a Rússia", afirmou Zakharova ao canal de TV Rossiya 1.

"Hoje vemos que o fator da Rússia, a demonização do nosso país, se esgotou completamente e atingiu o seu limite", acrescentou.

A representante oficial do MRE declarou que a ideologia dos EUA não funciona mais, é preciso voltar à realidade.

Ela lembrou que, até agora, ninguém nos EUA comentou as palavras do presidente Joe Biden sobre o líder da Rússia, Vladimir Putin.

"Porque é um beco sem saída, eu entendo que eles meteram um monte de dinheiro [nesta ideologia], que eles a têm promovido de todas as formas ao longo de muitos anos, entendo que fizeram dessa ideologia o centro do seu próprio universo político, mas acabou, ela já não funciona mais, ela os coloca em uma situação perfeitamente estúpida e eles se tornam alvo de piadas e zombarias ao redor do mundo", sublinhou.

Segundo a representante, os Estados Unidos precisam mudar sua agenda, a histeria antirrussa não pode ir mais longe.

"Eles, ao explorarem a retórica antirrussa, entraram em um impasse político interno. Provavelmente, precisam de novos temas, de uma nova agenda. Porque não há mais para onde ir nesta histeria antirrussa", concluiu Zakharova.

Ontem, o presidente dos EUA, Joe Biden, afirmou que o presidente russo Vladimir Putin "pagará um preço", e em breve enfrentará as consequências de sua suposta interferência nas eleições presidenciais americanas de 2020.

Os diplomatas da Rússia em Washington sustentam que as acusações dos EUA não têm qualquer fundo de verdade. Eles destacaram que esta nova acusação de Washington não contribui para a normalização das relações bilaterais.


Fonte: Agência Sputnik

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg