Deputado autor de projeto contra vacina morre de Covid


Deputado estadual Silvio Fávero (PSL-MT) morreu, aos 54 anos, após ficar internado com Covid-19 (Reprodução)

O deputado estadual Silvio Fávero (PSL-MT) morreu neste sábado (13), aos 54 anos, após ficar internado e intubado com Covid-19 em um hospital particular, em Cuiabá, por 10 dias. O parlamentar era autor de um projeto que tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso contra a obrigatoriedade da vacina contra a Covid.

Segundo os médicos do deputado, neste sábado Fávero teve complicações e o estado de saúde dele era considerado "crítico".

Fávero deixa a mulher Katia e três filhos: Gabriel, Gustavo e João Ricardo.

Projeto de lei

Nas justificativas do projeto de lei, o deputado dizia que é para "evitar que a vacinação seja compulsória, eis que, atualmente, subsiste insegurança quanto à eficácia e eventuais efeitos colaterais das vacinas, onde apresentam um risco que, sem dúvida alguma, é irreparável, já que os efeitos a curto, médio e longo prazo da vacina são desconhecidos”.

De acordo com decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), a vacinação no Brasil pode ser obrigatória no Brasil, porém, fica proibido o uso da força para exigir a vacinação, ainda que possam ser aplicadas restrições a direitos de quem recusar a imunização. Na decisão, os ministros da Suprema Corte determinaram que União, estados e municípios podem obrigar a vacinação e também que os pais são obrigados a vacinar os filhos, no caso de vacinas incluídas no plano nacional de imunização.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif