Deputado bolsonarista invade hospital contra Covid-19


Deputado Capitão Elder (de costas) invade hospital de campanha em Salvador, na Bahia (Imagem/Reprodução)

Menos de uma semana após o presidente Jair Bolsonaro ter incentivado seus seguidores a invadirem hospitais e filmarem, como de fato aconteceu na última sexta-feira (12) no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, no Rio, esta quarta-feira (17) foi a vez do deputado estadual Capitão Alden (PSL-BA)), policial militar, invadir o hospital de campanha Riverside, na Região Metropolitana de Salvador, na Bahia, inclusive com ameaças a funcionários. O local é dedicado ao tratamento de pacientes com coronavírus.

Segundo o governo da Bahia, o deputado chegou acompanhado de seguranças e aparentava estar armado. Ele também teria ameaçado dar voz de prisão aos funcionários. Um dos seguranças que acompanhavam o parlamentar, de acordo com o governo baiano, se posicionou na porta de um dos quartos e teve acesso a uma paciente que estava com as partes íntimas expostas pois tomava banho em seu leito.

"É lamentável que o deputado e os seus seguranças coloquem em risco a própria saúde, sob risco de serem infectados com à Covid-19, bem como a de pacientes e profissionais", afirmou, em nota, a Secretaria de Estado de Saúde da Bahia.

A secretaria registrou boletim de ocorrência para a apuração do crime cometido.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif