Desafio Brasil Solar começa nesta quarta (16/3) em Niterói

A Prefeitura de Niterói e o Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social (NIDES) da UFRJ vão realizar entre os dias 16 e 22 de março uma competição com barcos movidos a energia solar na enseada de São Francisco, na altura da Praça do Rádio Amador. O evento é mais uma etapa do Desafio Solar Brasil (DSB), projeto de extensão da Universidade Federal do Rio de Janeiro que reúne estudantes, técnicos e professores em equipes de todo o país, a bordo dos seus protótipos de embarcações movidas a energia solar. Antes da abertura, no dia 16, haverá uma barqueata do Fundão a Niterói, às 10h30. A programação oficial começa às 11h. Às 15h, acontecerá a largada da primeira etapa.

Divulgação

Os barcos são construídos especificamente para essa competição, que terá como ponto de concentração a praça do Radioamador. Segundo os organizadores, 14 equipes estarão competindo para descobrir quem tem o melhor desempenho e domínio sobre a montagem e construção de embarcações movidas a energia solar, estratégias de competição, organização e gerenciamento energético.


O secretário municipal do Clima de Niterói, Luciano Paez, afirma que o Desafio Solar Brasil é um evento que conecta ciência, educação, cultura e esporte dentro de uma proposta de sensibilização quanto às fontes de energia limpa e sustentável.


“Incentivar e qualificar os estudantes, envolvidos diretamente, e o público em geral, que poderá participar das diversas atividades paralelas, é uma das grandes formas de estimularmos soluções de mobilidade e práticas cotidianas de baixo carbono”, avaliou Paez.


Niterói representada


Por enquanto a competição conta com 14 equipes confirmadas, incluindo duas de Niterói: uma da Universidade Federal Fluminense e outra da Escola Técnica Estadual Henrique Lage.


Além disso, as embarcações, que poderão ser ou catamarãs ou monocascos, serão conduzidas por participantes de Rio de Janeiro, Macaé, Florianópolis, Angra dos Reis, São João da Barra e Joinville.

Divulgação

Programação paralela


O evento conta também com o apoio da Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur). Além da competição no mar, participantes e visitantes poderão participar de uma programação com atividades de ecoturismo, rodas de conversa, shows e feirinha. Haverá um esquema especial para chegada dos competidores e turistas, com montagem de palco, tendas, som e um CAT (Centro de Atendimento Turístico), além de um tour com os participantes até a trilha do platô, no Parque da Cidade.


A estrutura da Neltur funcionará todos os dias da competição, das 9h às 17h, com os turismólogos Gustavo D’Ippólito, Renato Lima e Marcos Miklos e estagiários se revezando distribuindo material especializado a respeito da cidade, como a revista Niterói Experimente, e propagação de dois roteiros turísticos: “Niterói em 3 dias” e “Orla Niemeyer”.


O presidente da Neltur, Paulo Novaes, afirma que o evento, além de contribuir para a vinda de turistas e movimentar a economia da cidade, “é mais um incentivo para que Niterói avance como uma cidade sustentável”.


EcoTur


Quem for ao evento no dia 19, poderá se inscrever, no CAT da Neltur, para participar de um EcoTur no dia 21, saindo da Praça do Rádioamador indo até a trilha dos Platôs, no Parque da Cidade. Este EcoTur será realizado por duas vans que levarão grupos formados por até 20 pessoas, nos horários de 9h e outro 11h.


Rodas de conversa


O evento contará ainda com rodas de conversas em diversas áreas. Confira:


Dia 16 - Energia e tecnologia de embarcação com especialistas como: Rafael Coelho (Tide Wise); André Araújo (UFF); Gustavo Leal (DSB); Lars Grael, velejador, e Walter Suemitau (UFRJ).


Dia 17 – Mudanças climáticas e recursos hídricos: Christiane Bernardo (presidente da Baía de Guanabara); Samuel Gonçalves (Confederação Brasileira de Vela); Francisca Dalila Menezes Vasconcelos – Analista de planejamento e gestão do Instituto de Planejamento de fortaleza (Iplanfor – Fortaleza-CE) e Marcos Freire (VIG/UFRJ)


Dia 18 – A importância da Educação Climática: Vinícius Wu (secretário de Educação); Luciano Paez (Secretário do Clima); Sergio Besserman (JBRJ).


Dia 19 – Décadas dos Oceanos e eventos extremos: Eduardo Bulhões (UFF); Paulo Hargreaves (UFRJ); Cel Walace, secretário Municipal de Defesa Civil e Geotécnica de Niterói.


Dia 20 – Uso Sustentável dos Territórios: Walter Plácido Teixeira Júnior (Lavoro); Dayse Monassa (secretária Municipal de Conservação e Serviços Públicos); Luciano Paez (secretário de Clima).


Dia 21 – Meio Ambiente e Resíduos: Luiz Fróes (presidente da Companhia Municipal de Limpeza Urbana de Niterói - Clin).


Dia 22 -Rafael Robertson (secretário de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade de Niterói); Ricardo Bonfin (Enel); Luciano Paez (secretário de Clima).

Divulgação

Shows de música


Todos os dias, às 18 horas, músicos da cidade se apresentarão de uma forma mais intimista (voz e violão), com a seguinte programação gratuita:


16/3 - Igor Carvalho

17/3 - Rodrigo Chandon

18/3 - David Emannuel

19/3 - Ge Amora

20/3 - Vini Arouca

21/3 - David Damasceno com Marcelo Banana

22/3 - Eduardo Camacho


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg