top of page

Dia da Criança tem 'A Bruxinha que era boa' no Municipal

Para celebrar o Dia da Criança, a Companhia Arte de Interpretar apresenta em curta temporada, no Theatro Municipal de Niterói, o espetáculo 'A Bruxinha que era boa', texto de Maria Clara Machado. A direção é de Guga Gallo, que também participa como ator na montagem. Serão quatro apresentações. No dia 12 de outubro (quinta) serão duas sessões: às 15h e às 17:30. E no fim de semana, dias 14 e 15 de outubro, às 16h. No dia 12/10, os adultos que levarem 1 quilo de alimento não perecível ganharão 50% de desconto no valor do ingresso. Vendas na bilheteria do Theatro, no site da Sympla e no Clubinho de Ofertas.

Divulgação

O clássico de Maria Clara Machado conta a história de uma bruxinha que não consegue fazer maldades e sofre na mão de outras bruxinhas e conta com a ajuda de seu amigo Pedrinho para escapar das garras de um terrível bruxo.


Ângela, a personagem principal, é uma bruxinha que sempre se atrapalha ao tentar fazer maldades, ao contrário de suas colegas da escola de magia.


Sinopse


A bruxinha boa é sempre alvo de piadas e excluída. Após tempos de estudos, chega o momento do grande teste das bruxas. A vencedora vai ganhar uma vassourinha a jato e quem não passar no exame, vai viver o resto da vida presa na torre de piche.


Ângela, não consegue disfarçar sua bondade, mas vai contar com a ajuda do novo amigo Pedrinho, um jovem lenhador com gostos bem parecidos com os dela, para tentar acabar com toda maldade das demais bruxinhas.


Todas elas querem ganhar a fabulosa vassourinha a jato. Sua nova amizade e seu jeito bonzinho não agradam o grande Bruxo Malvadão III, que promete prendê-la para sempre na torre de piche.

Maria Clara Machado


Considerada a maior autora de teatro infantil do país, Maria Clara Machado escreveu quase 30 peças infantis, livros para crianças e 3 peças para adultos (“As interferências”, “Os Embrulhos” e “Miss Brasil”). Em 1953, escreveu sua primeira peça “O boi e o burro a caminho de Belém”, um auto de Natal, sendo destaque pelas críticas.

O maior sucesso de sua carreira e o texto mais montado de Maria Clara Machado foi “Pluft, o fantasminha”. Depois do sucesso de “Pluft, o fantasminha”, Maria Clara Machado escreveu mais de 25 peças, entre as quais “O cavalinho azul”, “A bruxinha que era boa” e “A menina e o vento”.


Sua última peça foi escrita em 2000, “Jonas e a baleia”, na qual Maria Clara reconta esse episódio bíblico em parceria com Cacá Mourthé. Faleceu aos 80 anos no Rio de Janeiro


Ficha técnica:


Diretor e ator: Guga Gallo

Elenco: Amanda Freitas, Aloana Machado, Isabella Celloni, Luciana Almeida, Artur Marinho, Victor Vieira.

Iluminação: Grampola

Sonoplastia: Carlos Gabriel

Serviço


Teatro infantil - A Bruxinha que era boa

Data: dias 12 (quinta), 14 e 15 de outubro (sábado e domingo)

Horários: dia 12/10 sessão dupla às 15h e 17h; dias 14 e 15/10 às 16h

Local: Theatro Municipal de Niterói

Ingressos:

R$ 60 inteira /

R$ 30 meia

Promoção no dia 12/10: o adulto que levar 1 quilo de alimento não perecível tera ingresso com desconto e o valor será de meia entrada (R$30,00)

*Os alimentos arrecadados irão para a instituição 'CASA DO AMOR'

Bilheteria: no Theatro Municipal de Niterói, no site Sympla e no Clubinho de Ofertas


Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page