Dilma toma primeira dose da CoronaVac em Porto Alegre


A ex-presidente Dilma Rousseff,, de 73 anos, recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta segunda-feira (22) em Porto Alegre, onde mora.

Dilma foi vacinada por volta do meio-dia no posto de atendimento drive-thru e recebeu uma dose do imunizante CoronaVac, desenvolvido na China e fabricado no Brasil pelo Instituto Butantan. A aplicação da segunda dose está prevista para daqui a 14 a 28 dias.

O último balanço da vacinação contra a Covid-19 no Brasil, divulgado neste domingo (21) pelo consórcio dos veículos de imprensa, mostra que 11.805.991 pessoas já receberam a primeira dose do imunizante. O número representa 5,58% da população do país.

A segunda dose já foi aplicada em 4.160.093 pessoas (1,96% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal. No total, 15.966.084 doses foram aplicadas em todo o Brasil.

O Brasil é o 52º colocado no ranking de vacinação contra a Covid-19 no mundo, segundo dados compilados pelo jornal norte-americano The New York Times na última sexta-feira (19).

À frente do Brasil na América do Sul estão países como o Uruguai (46º lugar, com 7,6%) e o Chile (4º lugar, com 29%). Os Estados Unidos aparecem em 6º, com 23%.

O ranking leva em conta a proporcionalidade em relação à população, que é o relevante para efeitos de disseminação do vírus.

300x250px.gif
728x90px.gif