Dique afunda e dois homens morrem no Estaleiro Renave, em Niterói

Dois funcionários do Estaleiro Renave, na Ilha do Viana, Barreto, Niterói, morreram afogados na manhã desta segunda-feira (26/7), quando um dique flutuante em que faziam reparos afundou. Ainda não há detalhes sobre as circustâncias do acidente, mas segundo Edson Rocha, presidente do Sindicato dos Metalúgicos de Niterói, o equipamento estava há muito tempo sem manutenção. As vítimas foram inicialmente identificadas como Nilo, montador; e José Henrique, encarregado de docagem.

Divulgação

De acordo com relatos de trabalhadores do estaleiro, José Henrique teria tentado salvar Nilo, mas acabou se afogando também, provavelmente em razão do peso das ferramentas que carregavam junto ao corpo para a realização desse tipo de serviço.


"Ainda não sabemos se foi algum erro de manobra, ou se a própria estrutura do dique colapsou sozinha. Não havia embarcação sobre o equipamento, justamente porque estava em reparo. Se tivesse uma embarcação sobre o dique, o acidente seria muito pior, pois envolveria cerca de 200 pessoas", diz Edson Rocha.


O Corpo de Bombeiros foi acionado às 11h30m e contou com mergulhadores bombeiros do 1ºGMAR para fazer o resgate. Até o momento, o Estaleiro Renave não se pronunciou sobre o caso.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg