Direção da Cedae sabotou o Guandu


A edição impressa do TODA PALAVRA que está indo para as ruas traz uma ampla retrospectiva sobre a crise da água do Guandu e aponta para aquilo que o jornal denunciava em suas edições online: a estação de tratamento que abastece o Rio e boa parte da Baixada Fluminense foi sabotada por uma ordem direta da direção da Cedae, impedindo que os técnicos da ETA adotassem os protocolos previstos para o caso de proliferação de algas. O resultado é a presença até hoje da geosmina, com gosto e cheiro ruins.

Leia a versão digital da edição completa.








300x250_QuatroRodas.gif
728x90_PorqueArCondicionado.gif