top of page

Doença progride, e Pelé precisa de cuidados cardíacos e renais


(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Internado desde o dia 29 de novembro no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, o ex-jogador de futebol Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, apresenta progressão de doença oncológica e requer maiores cuidados relacionados às disfunções renal e cardíaca. As informações constam de boletim médico divulgado nesta quarta-feira (21).


O documento é assinado pelos médicos Fábio Nasri, Rene Gansl e Miguel Cendoroglo Neto.


Pelé foi internado para reavaliação da terapia quimioterápica no enfrentamento a um tumor no cólon, além do tratamento de uma infecção respiratória. O câncer foi identificado em 2021, e o tumor chegou a ser retirado em setembro do mesmo ano. Desde então, o Rei do Futebol é submetido a tratamento de quimioterapia, com idas regulares ao hospital.


Em 1980, um júri formado por jornalistas da área esportiva elegeu Pelé o Atleta do Século.

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page