'Doutrinação' derruba direção de escola cívico-militar no Rio


Alunos no pátio da escola cívico-militar na Zona Norte do Rio (Divulgação/SEPE)

A Secretaria municipal de Educação do Rio anunciou nesta terça-feira (25) a exoneração da toda a diretoria da Escola Cívico-Militar Carioca General Abreu, no Engenho Novo, Zona Norte da cidade. De acordo com uma denúncia, com vídeo e fotos, apresentada pelo Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (SEPE), a escola, além de descumprir protocolo sanitário contra a Covid-19 ao permitir aglomeração, vem incentivando a doutrinação dos alunos utilizando-se do slogan "Brasil acima de tudo, abaixo de Deus" que remete claramente ao "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos" usado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O Sepe afirmou que está acionando também o Ministério Público do estado (MP-RJ) e a Comissão de Educação da Câmara de Vereadores.

O sindicato destaca que o discurso partidário e doutrinário foi utilizado pelo orador perante alunos e responsáveis presentes à formatura, e que isso "se configura claramente numa atitude contra os princípio educacionais... deixando claro também que os estudantes da escola seriam privilegiados em relação aos alunos da rede regular (“Nós somos nós. E o resto é o resto!)".

"O Sepe alerta para a tentativa de criação de uma rede de ensino à parte da rede municipal de educação com unidades militarizadas que submetem seus alunos à doutrinação, retirando deles a individualidade e a capacidade de autodesenvolvimento. O sindicato entende que este modelo de escola, além de não atender a diversidade, não contribui para a formação de cidadãos com capacidade crítica", afirma o sindicato, que também estuda medidas jurídicas cabíveis para o caso.

"Não podemos admitir que o prefeito Eduardo Paes e o secretário Renan Ferreirinha transformem nossas escolas em unidades militarizadas, com objetivo de doutrinação dos estudantes e de disseminação de discursos extremistas utilizados pelo governo federal. Também vamos exigir a manutenção dos protocolos de segurança contra a covid-19, dentre elas a manutenção do isolamento social dentro do espaço escolar", diz ainda o SEPE.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif