top of page

Edital seleciona 70 projetos que unem Cultura e Saúde

Com o objetivo de contemplar projetos artístico-culturais voltados para a saúde da população, a Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Fundação Estatal de Saúde (FeSaúde) e da Secretaria Municipal das Culturas (SMC), 70 propostas foram selecionadas no Edital Saúde e Cultura.

Foto: SMC Niterói

O investimento no projeto será de R$ 700 mil. As propostas incluem diversas expressões artísticas que abordam a temática da Saúde, tais como: teatro, dança e performances, entre outros. Ao todo, o edital teve 137 propostas apresentadas, mas nem todas conseguiram atender às exigências.


“Esperamos firmar o edital não como algo pontual, mas como um programa estratégico da afirmação da intersetorialidade e, principalmente, da afirmação da saúde, da afirmação do nosso viver, enquanto afirmação de direitos. Na luta que a gente vem fazendo nos últimos 30 anos, desde que a gente colocou que saúde era um direito de todos, um dever do Estado, dizíamos que saúde era democracia e democracia era saúde”, afirmou o secretário municipal da Saúde, Rodrigo Oliveira.


A diretora-geral da FeSaúde, Anamaria Schneider, destacou a importância do projeto.


“Estamos diante de um projeto inovador. Para nós da FeSaúde, que acompanhamos de perto os usuários da atenção primária e psicossocial, essa união entre saúde e cultura é muito importante para a construção de novas linguagens de cuidado que se fazem tão urgentes nas respostas e resolutividade dos nossos serviços. Entendemos que a cultura também é um instrumento de promoção da saúde”, disse.


Já o secretário municipal das Culturas, Alexandre Santini, falou sobre como a iniciativa está ligada a um projeto maior, de desenvolvimento social.


“Niterói é uma cidade que tem uma visão humanista, progressista, e integrada para o desenvolvimento. Não é possível pensar a saúde distante da cultura. Esse edital, um instrumento que está sendo construído de parceria, vai ser muito inspirador também para outras políticas, que serão desenvolvidas de maneira integrada e transversal na cidade”.


José Vitor Leal, representante do Wolf Crew, um dos projetos selecionados no edital, destacou que a ideia é, por meio do Hip-Hop e seus elementos, abordar temas como a saúde mental:


"O projeto é uma roda cultural, onde iremos passar os elementos do Hip-Hop, o Rap, técnicas de DJ, Grafitte e o Break, mostrando a importância da atenção à da saúde mental. Abordando também, a questão periférica e social das pessoas do local".


Os organizadores do edital realizaram uma reunião de acolhimento com representantes dos projetos contemplados na chamada pública. O encontro aconteceu no Auditório do Caminho Niemeyer há uma semana e teve como objetivo a troca de experiências e esclarecimentos entre as organizações públicas envolvidas e os proponentes parceiros, visando apresentar um modelo novo e inovador de acompanhamento da etapa de contratação e execução das propostas.


De acordo com o cronograma divulgado, a assinatura dos contratos deverá ser feita ainda nos próximos dias. Em fevereiro começam as reuniões de alinhamento.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói


Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page