top of page

Eleito novo Presidente da Ordem de Malta no Rio de Janeiro

A Associação dos Cavaleiros da Ordem de Malta do Rio de Janeiro está sob nova gestão; Marcus Venicius Romariz Inacio, foi eleito para o triênio (2023 - 2025). A nova chapa foi eleita na última terça-feira (4/4) e o novo Presidente se comprometeu a ampliar o trabalho social no Estado do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. A Ordem de Malta na cidade tem atuado de maneira filantrópica e caritativa na Comunidade Sítio Pai João, no Itanhangá, aonde possui o Ambulatório São João Batista, construído e mantido com os esforços dos Cavaleiros e Damas.

Divulgação

“Me sinto honrado e feliz pela missão. Vou dar o meu melhor e para a continuação e perpetuação de um legado de dura mais de 900 anos. Vamos expandir ainda mais nossa atuação e trazer um pouco de alento e dignidade a um numero maior de necessitados, e esperamos impactar mais pessoas à prática da caridade inerente à vida cristã, tão escassa e necessária nos tempos atuais”


Desde o Período pandêmico, a Ordem de Malta têm atuado na região com a distribuição diária de 1000 pães por dia e cerca de 100 refeições aos menos favorecidos. Além disto, fora distribuído cestas básicas, brinquedos e materiais esportivos para atividades de disciplina e socialização infantil aos mais vulneráveis.


No Ambulatório também é realizado exames preventivos e ginecológicos às sextas feiras através do Dr. Silvio Silva Fernandes e sua equipe de alunos; além de cirurgias plásticas reparadoras para resgatar a dignidade e auto-estima; realizadas há cerca de 15 anos pelo Cavaleiro Hospitalário e Cirugião Plástico Rômulo de Melo Mêne.


A Ordem de Malta ainda cedeu o espaço para que, em parceria com a Secretaria Estadual da Mulher, pudessem realizar o projeto de Treinamento de Mulheres Arrimo de Familia, para a profissionalização de mulheres de 16 a 30 anos para inserção no mercado de trabalho com a finalidade de tirá-las da pobreza, abuso e da violência a quais são submetidas por dependência econômica em seus lares;


A Ordem de Malta é hoje a Ordem mais antiga do mundo; trata-se de uma Organização Internacional Católica, humanitária reconhecida como entidade de direito internacional privado. Possui 13.500 membros, 80.000 voluntários. 42.000 profissionais de saúde associados, entre médicos, enfermeiros, auxiliares e paramédicos.


A Ordem possui relações diplomáticas com mais de 70 países, seu Governo tem estrutura similar aos estados Federativos tendo seu reconhecimento similar a de um Estado Soberano.


Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page