Em alta da Covid, Brasil registra 756 mortes nesta quarta


O Brasil teve nas últimas 24 horas o registro de 756 novas mortes por Covid-19 e 34.091 novos casos da doença. Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde divulgada na noite desta quarta-feira (18). Já a média móvel de mortes, verificada pelo consórcio de veículos de imprensa, foi de 584. Essa é a maior marca dos últimos 38 dias, apresentando um crescimento de 49% em relação a 15 dias.

Além do Distrito Federal, 19 estados apresentaram crescimento na média móvel de casos, incluindo o Rio de Janeiro, que atingiu o maior índice diário de mortes desde 30 de junho, com registro de 232 óbitos em 24 horas nesta quarta-feira, tendo havido um aumento de 88% em relação a duas semanas anteriores.

No Brasil, o total do número de mortes em consequência da pandemia do novo coronavírus chegou a 167.455. Na terça-feira o sistema registrava 166.699 óbitos pela doença. Há 2.173 mortes em investigação.

O número de casos acumulados desde o início da pandemia atingiu 5.945.849. Ontem, o sistema de dados do Ministério da Saúde trazia 5.911.758. Ainda conforme o balanço da pasta, há 388.531 pacientes em acompanhamento e 5.389.863 pessoas se recuperaram da doença.

Em geral, os casos são menores aos domingos e segundas-feiras em função da dificuldade de alimentação pelas secretarias estaduais de Saúde. Às terças-feiras, eles podem subir mais em função do acúmulo de registros atualizado.

Estados

Os estados com mais mortes pela Covid-19 são: São Paulo (40.927), Rio de Janeiro (21.698), Minas Gerais (9.605), Ceará (9.461) e Pernambuco (8.873). As unidades da Federação com menos óbitos pela doença são Roraima, Acre (709), Amapá (783), Tocantins (1.411) e Rondônia (1.511).

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif