Palmeiras conquista o título do Paulistão depois de 12 anos

Em jogo dramático, Alviverde conquista seu 23º título estadual nos pênaltis e se vinga do arquirrival após perda do título em 2018   


Weliton Labarra/ Rádio Esporte Metropolitano

O Palmeiras foi ontem (8) campeão paulista de 2020, após vencer o Corinthians nos pênaltis. Foto: Fábio Menotti

Depois de um jejum de 12 anos, o Palmeiras voltou a conquistar o título do Campeonato Paulista de forma dramática. Na tarde deste sábado (08) em um Allianz Parque sem a presença do público devido as medidas do novo coronavírus, o Verdão derrotou o arquirrival Corinthians nos pênaltis por 4 a 3, após empate por 1 a 1 no tempo normal em um jogo emocionante até o minuto final.

Luiz Adriano abriu o placar para o Palmeiras aos 3 minutos do segundo tempo, mas o Alvinegro não desistiu e praticamente no último lance da partida, o zagueiro Gustavo Gómez cometeu pênalti infantil em Jô onde o próprio atacante converteu a cobrança, que matinha a esperança de conquistar o treta do estadual.Nas penalidades, o goleiro Weverton foi o destaque ao defender as cobranças de Michel Macedo e Cantillo. O jovem Patrick de Paula foi encarregado para cobrar o último pênalti e com personalidade converteu sua cobrança que garantiu o título Alviverde que chega ao seu 23º estadual paulista. Converteram para o Corinthians Danilo Avelar, Sidcley onde Raphael Veiga, Gustavo Scarpa e Lucas Lima fizeram os outros gols palmeirense, que teve Bruno Henrique errando.

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gomez e Matias Viña; Ramires (Rony), Gabriel Menino (Bruno Henrique) e Patrick de Paula; Zé Rafael (Raphael Veiga), Willian (Lucas Lima) e Luiz Adriano (Gustavo Scarpa). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Michel Macedo), Gil, Danilo Avelar e Carlos (Sidcley); Gabriel (Cantillo), Éderson, Ramiro (Araos), Luan e Mateus Vital (Everaldo); Jô. Técnico: Tiago Nunes

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif