top of page

Emusa conclui mais um trecho da macrodrenagem em Charitas

As obras de macrodrenagem de Charitas continuam avançando. A Emusa finalizou a instalação das aduelas subterrâneas da rede de drenagem no trecho da Avenida Sylvio Picanço que vai em direção a Jurujuba num prazo menor que o previsto. Com isso, o trânsito desse lado da via já foi liberado. Ontem (24/7) começaram os trabalhos de instalação das aduelas no outro sentido da pista, com interdições no tráfego apenas para quem se dirige a São Francisco. Com isso, o trânsito nesse sentido é escoado por vias internas e por uma pista reversível, no lado oposto da Sylvio Picanço. A previsão é a de que essa etapa dure cerca de 20 dias.

Foto: Leonardo Simplício / Prefeitura de Niterói

Membro da União dos Síndicos de Charitas, o empresário Vinícius Amorim, 43 anos, administra o Condomínio do Edifício Miraggio, na orla do bairro, e ressalta a importância dos investimentos realizados pela Prefeitura de Niterói, por meio da Emusa.


“Essa é uma obra muito aguardada, não apenas por nós, moradores, mas por toda a população de Niterói. Vejo que os prazos estão sendo cumpridos e esperamos, em breve, sentir os benefícios desse trabalho importantíssimo para o bem-estar dos frequentadores e o próprio desenvolvimento da cidade como um todo”, afirmou.


Um dos fiscais da obra, o engenheiro da Emusa Rafael Bonfim detalhou o trabalho realizado na Sylvio Picanço.


"Na primeira etapa das obras na Avenida Prefeito Sylvio Picanço, instalamos 50 aduelas subterrâneas de concreto, que medem 2,5 m X 1,2 m, desde a areia da praia até o canteiro central, passando pela pista no sentido Jurujuba, e também construímos 7 metros de parede de concreto armado. A partir de agora, damos continuidade ao trabalho no outro lado da via, para concluir esse trecho da rede, até o início da Rua Eurico Manoel do Carmo, instalando mais cerca de 50 aduelas", explicou.

Foto: Leonardo Simplício / Prefeitura de Niterói

As obras na Avenida Prefeito Sylvio Picanço contemplam a construção de cerca de 100 metros da rede subterrânea de Charitas que terá, ao todo, 389,5 metros de extensão. O valor total dos investimentos é de R$ 6,6 milhões.


As intervenções em Charitas fazem parte de um pacote de investimentos que Niterói vem fazendo em resiliência na cidade, que incluem, ainda, a região do Barreto, na Zona Norte, que receberá obras de macrodrenagem numa extensão de 7km.


A previsão é a de que essa etapa dure cerca de 20 dias. Enquanto isso, o trânsito no sentido São Francisco é escoado por vias internas e por uma pista reversível, no lado oposto da própria Sylvio Picanço.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page