top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Emusa fará concurso público para aprimorar quadro técnico

A Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento (Emusa) vai passar por uma reforma administrativa. O objetivo é modernizar e dar ainda mais eficiência à empresa. Será criada uma comissão que vai fazer um diagnóstico do atual cenário da empresa e definir critérios para a realização de um concurso público com o objetivo de ampliar os serviços prestados pela Emusa.

Obras de contenção de encosta na Estada da Cachoeira / Divulgação / Prefeitura de Niterói

Para a execução de um novo ciclo de obras na cidade de Niterói, no âmbito do Plano Niterói 450, e, consequentemente, com o aumento das demandas da Emusa e para a realização de intervenções fundamentais para a infraestrutura e para a mobilidade da cidade, é necessária a realização de um concurso público para aprimorar o quadro técnico da empresa.


A reforma e modernização da Emusa decorrem da necessidade de uma administração pública com atuação cada vez mais eficiente, gestão moderna e sempre com o objetivo de atender integralmente ao interesse público. É dever do poder público enfrentar e superar desafios, além de atualizar e modernizar a sua atuação com frequência. A meta é ter maior capacidade técnica e administrativa capaz de satisfazer as novas demandas de forma eficiente e eficaz. Neste contexto, se enquadram as obras do Plano Niterói 450.


Criada em 1987, a Emusa é responsável por planejar, projetar e executar todas as obras públicas de Niterói, o que demanda a necessidade de colaboradores e especialistas. O assessoramento técnico é feito por profissionais que estão presentes em todas as etapas das obras, desde o anúncio, acompanhamento da execução, relacionamento com comunidades e seus líderes, por exemplo.


Neste momento, a Emusa está realizando obras de infraestrutura em mais de 200 ruas nos bairros de Serra Grande, Maravista, Engenho do Mato, Itaipu e Jardim Imbuí, além das obras de recuperação de prédios e equipamentos públicos, como hospitais, escolas, áreas de lazer, urbanização de comunidades como o Viradouro e o Morro da União, em Santa Rosa.


Também estão em andamento as obras de restauro da Ilha da Boa Viagem, da construção do Complexo Esportivo na Concha Acústica, reforma do Cais da Ponta D’Areia, reforma de prédio para receber o Restaurante Popular na Alameda São Boaventura e reforma da Maternidade Alzira Reis, entre outros.


Apenas este ano, a Emusa concedeu ordem de início a mais de 20 obras em diversas regiões da cidade, como parte do Plano Niterói 450 anos. Somado às obras em andamento, são mais de 100 frentes de serviço, a maior carteira de projetos da história do município.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Comments


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page