Endividamento e inadimplência das famílias batem recorde


(Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Os números de famílias endividadas e de pessoas inadimplentes no Brasil bateram recorde pelo segundo mês consecutivo em agosto, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), divulgada nesta segunda-feira (5).


O número de famílias com dívidas a vencer no cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, crédito consignado, empréstimo pessoal, prestação de carro e de casa atingiu, em agosto, 79% do total dos lares no Brasil (78%, em julho), maior índice da série histórica, iniciada em 2010. Enquanto o número de pessoas que atrasaram o pagamento de contas de consumo ou de dívidas alcançou 29,6% (29%, em julho) do total de famílias no país.


O levantamento mostrou ainda que o aumento do indicador pode ser explicado pela procura por crédito direto no varejo das famílias de menor renda. Nos últimos quatro meses, o endividamento nos carnês para esta parcela da população cresceu 1,8 p.p. e chegou a 19,8%.


Conforme a CNC, a alta da contratação de dívidas foi mais expressiva para as famílias com rendimentos até 10 salários mínimos (1,1 p.p), do que entre as famílias de maior renda (0,9 p.p.).

300x250_QuatroRodas.gif
728x90_PorqueArCondicionado.gif
Toda Palavra 076 - p 4-5.jpg

Leia a versão digital da edição impressa do TP