Enfermeira que aplicou falsa vacina é intimada a depor


Divulgação

Após realizar uma falsa aplicação de vacina quando atendia um idoso no drive-thru do campus Gragoatá, da Universidade Federal Fluminense (UFF), na última sexta-feira (12), a enfermeira envolvida no caso foi intimada pela 76º DP (Niterói) para comparecer à distrital.


As diligências sobre o caso também foram iniciadas nesta quarta-feira (17). Já na segunda-feira (15), a Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol) informou que está investigando possíveis casos de desvios relacionados à vacinação também em outros pontos do estado. Além de Niterói, aplicações falsas da vacina em Petrópolis também estão em investigação.


De acordo com a Secretaria de Policia Civil, se for confirmarem que o profissional de saúde desviou dose, ou teve qualquer outra irregularidade, poderá ser autuado pelo crime de peculato, que tem penas que podem chegar até a 12 anos de reclusão. Na segunda-feira (15), a prefeitura de Niterói comunicou que a profissional de saúde envolvida na ação foi identificada e afastada das atividades.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif