top of page

Ensaio fotográfico valoriza a autoestima de idosos

Um novo olhar para si mesmo com mais amor, admiração e autoestima. Esse foi o sentimento que idosos do Abrigo Cristo Redentor, localizado em Higienópolis, na Zona Norte do Rio, puderam desfrutar durante um ensaio fotográfico no abrigo. A ação foi promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, e não faltaram preparativos especiais como um estúdio feito especialmente para a ocasião, fotógrafo profissional, maquiagem e penteado.

Foto: Nelson Perez / Governo do Estado do Rio

Os serviços de beleza dos participantes ficaram por conta das alunas do Desenvolve Mulher, programa do governo estadual que promove capacitação profissional para mulheres chefes de família, por meio de diferentes cursos, e ainda com oferta de bolsas para as participantes.


Durante o ensaio, não faltaram histórias para contar da terceira idade, pois no abrigo há os mais diferentes perfis. Tem gente de cem anos, tem os que gostam de cantar, os que falam com as plantas, ou quem faz questão de pintar as unhas toda semana. Relatos que encantam a quem percebe que não são apenas idosos que moram no Abrigo Cristo Redentor. São pessoas que envelheceram, mas que seguem com suas próprias ideias, desejos e sonhos.

Isabete Barbosa / Foto: Nelson Perez / Governo do Estado do Rio

Isabete Barbosa, de 79 anos, é dona de uma dessas histórias. Ela fez questão de pedir um batom vermelho para foto, combinando com seu vestido.


"Estou me achando. A única coisa que vou deixar pra minha neta é a beleza. Eu não tenho nenhuma foto, essa vou deixar pra minha neta", disse com um sorriso estampado no rosto.


No Abrigo Cristo Redentor funcionam seis unidades, onde vivem cerca de 200 idosos, divididos de acordo com a complexidade dos casos. Muitos têm problemas de locomoção ou doenças senis. Mas, uma turma técnica multidisciplinar garante um atendimento de primeira, com diferentes atividades, para essas pessoas que vivem por lá.


Para os homens, a timidez para as fotos esteve presente, mas não impediu que participassem. Sérgio Rita, de 64 anos, marcou presença no ensaio. Ele, que mora no abrigo há 3 anos, contou sobre sua participação na sessão de fotos e sobre seu passatempo predileto no local.


"Gostei muito de fazer essas fotos, pois nunca tinha participado de um ensaio antes. Aqui no abrigo amo cuidar das plantas e minha flor predileta é a rosa. Desde que eu entrei aqui que cuido da horta e molho as plantas todos os dias. Já colhi até chuchu. Às vezes me pegam conversando com elas e me chamam de maluco, mas eu acho que gostam de papear", explica Sérgio.

Sérgio Rita / Foto: Nelson Perez / Governo do Estado do Rio

Aluna do Desenvolve Mulher, Ericka, conta que não achava que o programa Desenvolve Mulher pudesse levá-la a tantos lugares.


"A primeira vista, minha expectativa era ir no abrigo, fazer meu trabalho e retornar para casa. Porém, a experiência que tive foi muito impactante, fui das lágrimas ao riso, um mix de emoções com cada história e com a alegria desses idosos. Foi um aprendizado incrível", relatou a aluna do programa.


Quem também adorou o resultado foi Sônia Maria Santos, de 68 anos.


"Fiquei lindona, vou dormir com essa maquiagem para assistir aos jogos da Copa do Mundo. Estou doida para mostrar para minha família as fotos", contou Sônia.

Sônia Maria / Foto: Nelson Perez / Governo do Estado do Rio

Exposição à vista


Todo o trabalho foi realizado sob as lentes do fotógrafo Nelson Perez. Daqui para frente a perspectiva é transformar esse ensaio fotográfico em uma exposição para os idosos e seus familiares.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro


Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page