Escolas da rede estadual do Rio terão energia solar

O Governo do Rio de Janeiro vai implementar o uso de energia solar nas escolas da rede estadual. Até 1.150 colégios e prédios administrativos, que geram um custo anual de R$ 51 milhões, poderão ser beneficiados com a iniciativa. A expectativa é que o projeto reduza de 30% a 50% esse custo.

Reprodução

Ao contrário dos tradicionais painéis solares instalados em prédios, a iniciativa prevê a geração de energia em usinas solares, que vão funcionar em terrenos selecionados.


A primeira etapa para esse processo já foi concluída: o chamamento público para seleção de até 3 empresas que irão elaborar os estudos do projeto foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (28/7).


O objetivo é que seja criada uma parceria público-privada ou outra modalidade de concessão para implantação, gestão, operação e manutenção de centrais de geração de energia solar. A iniciativa é da Secretaria de Estado da Casa Civil, juntamente com a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) e vai suprir a demanda energética das escolas e das unidades administrativas da rede. O edital e todas as informações estarão disponíveis nos sites: www.compras.rj.gov.br e www.facilita.rj.gov.br.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif