Espanha: bares cheios provocam surto e bloqueio local


Bares lotados são os maiores responsáveis por novos surtos de Covid-19 (Reprodução)

Um dia depois de a Catalunha estabelecer bloqueio local por tempo indefinido para conter a propagação do coronavírus, a região espanhola da Galiza, no noroeste do país, também impôs lockdown a mais de 70 mil pessoas nesse domingo (5) após um surto de Covid-19.

Os moradores de La Mariña, na costa norte da Espanha, na província de Lugo, estão proibidos de sair ou entrar na região até sexta-feira (10), dois dias antes das eleições regionais na Galiza, em 12 de julho. Na região de Segrià, na Catalunha, o número de pessoas com a doença triplicou nos últimos dez dias. O bloqueiro atinge cerca de 210 mil pessoas nas cidades da região.

Um dos países mais afetados pela doença na Europa, a Espanha tenta retomar à normalidade após mais de três meses de restrições, mas, nas últimas 48 horas, o governo se viu obrigado a colocar as duas regiões em lockdownid-19 por novos surtos da Covid-19.

O primeiro-ministro Pedro Sánchez, falando em um comício político local em Bilbao, pediu às pessoas que não baixem a guarda, mas também mantenham calma, porque "a detecção precoce desses surtos mostra que o sistema de saúde está muito mais bem preparado" do que em março.

O governo regional disse que as pessoas poderão se deslocar por La Mariña, mas apenas aqueles que precisam viajar para trabalhar.

O ministro regional da Saúde, Jesús Vázquez Almuíña, disse, em entrevista, que os maiores surtos estão ligados a bares da região que foram reabertos há 10 dias. As autoridades regionais de saúde afirmaram que agora há 258 novos casos na Galiza, dos quais 117 em Lugo.

O ministro da Saúde da Espanha, Salvador Illa, disse que o ministério acompanha de perto a situação na Galiza e na Catalunha.

A Espanha registrava até a manhã desta segunda-feira (6) 250.545 casos confirmados e 28.385 mortes por Covid-19. No ranking mundial de infectados da Universidade Johns Hopkins, a Espanha aparece em nono lugar no geral e em sétimo, em número de mortes. A Espanha foi um dos primeiros países da Europa a ter um surto de Covid-19 dos mais elevados logo nas primeiras semanas da pandemia.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif