'Essa é um porre'. Secretário de Saúde expõe nível do governo

Atualizado: 17 de dez. de 2020


Secretário de Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros: "chata" e "um porre" (Reprodução)

A reunião ministerial do dia 22 de abril, que mostrou para o Brasil e o mundo o nível de educação e de democracia do governo do presidente Jair Bolsonaro voltou a ser lembrada nesta quarta-feira (16) na apresentação do plano de operacionalização da imunização no Brasil, no Palácio do Planalto. Desta vez não foi necessário recorrer a uma autorização da Justiça para tornar pública as imagens - o então ministro da Justiça, Sérgio Moro, apontou o vídeo daquela reunião como prova da interferência de Bolsonaro na Polícia Federal. Diante das câmeras de TV, o secretário de vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros, hostilizou ao vivo uma repórter do portal Poder 360.

Enquanto aguardava a pergunta da jornalista, o secretário de Saúde chamou a repórter de "chata" e "um porre" provavelmente sem saber que seu microfone estava aberto. O vídeo que circula no Twitter mostra o momento da declaração do secretário, enquanto a jornalista se prepara para fazer uma pergunta para as autoridades, inclusive ele, que compunham a mesa com o ministro Eduardo Pazuello.

Medeiros foi indicado pelo centrão ao governo Bolsonaro e assumiu o cargo no início de junho deste ano. O cargo lhe dá a responsabilidade por acompanhar a disseminação do coronavírus no país e por desenvolver ações de prevenção da doença.

Enquanto isso, o Brasil registrou 70.574 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h, segundo o Ministério da Saúde. Trata-se de um recorde de casos diários no país desde o início da pandemia do novo coronavírus. O ministério também registrou 936 mortes pela doença em um dia. Além disso, o número de infectados pela Covid-19 no Brasil passou de 7 milhões, chegando em 7.040.608. Já o número de mortes subiu para 183.735.


Veja a seguir o vídeo no Twitter com o destaque da fala de Medeiros.

Após a divulgação do vídeo em rede social, internautas repercutiram o comportamento do secretário de Saúde do MS. Um deles considerou um sintoma do "baixo nível desse governo".

A seguir, o vídeo histórico da reunião ministerial de 22 de abril que expôs os principais personagens da República que governam o Brasil.


.

300x250px.gif
728x90px.gif