Estado bate recorde de empresas abertas no primeiro semestre

A Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja) fechou o primeiro semestre de 2022 com um recorde histórico em seus 214 anos de existência: registrou a abertura de 34.665 empresas. O número representa um aumento de 9,8% em relação aos negócios abertos nos primeiros seis meses de 2021, quando foram registradas 31.582 novas empresas no estado.

Foto: Tomas Silva / Agência Brasil

A marca foi alcançada depois de mais um recorde histórico no mês de junho: 6.006 aberturas de empresas, número 5,3% maior que o do mesmo mês em 2021, que totalizou 5.699 novos negócios constituídos na Jucerja, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais.


Os meses de janeiro (5.112), fevereiro (6.066), abril (5.209) e maio (6.442) também registraram os maiores recordes de todos os tempos na abertura de empresas. Já em março, a marca foi a segunda melhor da história: 5.809 negócios abertos. Os números foram atualizados de acordo com os processos que estavam em exigência na época em que foram divulgados.


"Seguimos na nossa meta de simplificar, desburocratizar, agilizar e modernizar a máquina pública, facilitando a vida dos empresários fluminenses. Tudo indica que chegaremos a um novo recorde histórico de aberturas de empresas no final deste ano, superando a marca de 2021", afirmou o presidente da Jucerja, Sérgio Romay, lembrando que no ano passado foram contabilizadas 72.894 constituições, melhor marca de todos os tempos.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif