top of page

Estado divulga balanço parcial da Operação Maré

O Governo do Estado apresenta o balanço parcial da Operação Maré, que está sendo realizada desde as primeiras horas desta segunda-feira (9/10) nas comunidades da Maré, Cidade de Deus e Vila Cruzeiro. Cerca de mil agentes das polícias Civil e Militar realizam as diligências e cumprem mandados de prisão e busca e apreensão.

Foto: Rafael Campos / Governo do Estado do Rio

No Complexo da Maré, na comunidade do Parque do União, foram encontrados um laboratório clandestino de refino de drogas e fabricação de materiais explosivos e um local de armazenamento ilegal de medicamentos, drogas e material para preparo de drogas, totalizando meia tonelada de maconha. Já em um galpão, próximo à Vila Cruzeiro, 100 quilos de pasta base de cocaína foram recolhidos, causando um prejuízo de R$ 12 milhões às facções criminosas.


Todo material apreendido foi levado para a Cidade da Polícia e passará por perícia. Até o momento, foram realizadas nove prisões, sendo três em flagrante por receptação e as outras seis por mandados de prisões expedidos. Também já foram apreendidos 17 veículos, 1 fuzil, além de carregadores, artefatos explosivos, radiocomunicadores e mais de 29 toneladas de barricadas foram retiradas das ruas.


"Estamos realizando a maior operação com uso de tecnologia, aliado à inteligência e investigação. Esse é só o começo e não iremos recuar nenhum milímetro sequer e iremos continuar. Vamos devolver o território do Complexo da Maré, Vila Cruzeiro e Cidade de Deus aos seus verdadeiros donos, que são os moradores", destaca o governador Cláudio Castro, que também citou o investimento do estado na segurança pública.


"Já investimos R$ 1.5 bilhão nas forças de segurança estaduais por meio de força humana, aparatos tecnológicos, como drones, câmeras portáteis, aparelhos de reconhecimento facial e placas de veículos, além de viaturas e armamentos de última geração" - acrescenta.

Foto: Rafael Campos / Governo do Estado do Rio

Mil agentes das forças estaduais de segurança participam da operação no Complexo da Maré, na Vila Cruzeiro e Cidade de Deus. A ação está sendo apoiada por drones com câmeras que fazem mapeamento de áreas em 3D e uma câmera com zoom de longo alcance. As imagens desses drones estão sendo enviadas em tempo real para o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). Quatro aeronaves e 10 blindados das polícias Militar e Civil também estão sendo utilizados.


A Secretaria de Administração Penitenciária, que também atua na força-tarefa do estado no combate à criminalidade, apreendeu 34 aparelhos celulares na unidade prisional de Bangu 3 e 24 em Bangu 4, além de um quilo de entorpecentes. A operação da Seap conta com 250 inspetores e tem o objetivo de desarticular a rede de comando das facções que atuam na região, por meio de bloqueios dos aparelhos telefônicos nos presídios.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page