top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Estado inaugura sala de leitura para egressos do sistema penitenciário

Foi inaugurado nesta quarta-feira (21/12), o Espaço de Leitura Desembargador Paulo César Salomão, na Eta Guandu, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O espaço faz parte do projeto Replantando Vida da Cedae onde trabalham mais de 600 egressos do sistema penitenciário.

Foto: Foto: Luis Alvarenga / Governo do Estado do Rio

O diretor-presidente da Cedae, Leonardo Soares, afirma que a parceria bem-sucedida da companhia com a Fundação Santa Cabrini serve como incentivo para que outros órgãos, setores e empresas invistam em mão de obra apenada.

"No país, a reincidência no cometimento de crime por egresso do sistema prisional gira em torno 80% e, em algumas regiões supera os 90%, essa lógica é invertida por essa turma que passa pelo Replantando Vidas na Cedae. É um programa que já tem maturidade de mais de 20 anos. Aqui eles passam por diversas atividades que não são só de desempenho de trabalho, mas de processos de qualificação e ressocialização", explica

Oportunidade que transforma


Na plateia, junto de seus colegas de trabalho do projeto Replantando Vida, Naubert Luiz da Silva, de 28 anos, não escondia a felicidade. O rapaz, que já foi envolvido com o tráfico de drogas e roubos, disse que conseguiu ter uma oportunidade de trabalho tendo passado pelo sistema prisional.

"A mudança é visível no sorriso de cada um de nós que está aqui. Uma vez preso, parece que passamos a ter um x em nossas testas. Na Cedae, temos essa oportunidade de ter as vidas mudadas. Sou pai de uma menina de seis anos e estou muito feliz de ter um trabalho", comemorou Silva.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page