Estado inicia obras do túnel extravasor em Petrópolis

O Governo do Estado iniciou as obras do túnel extravasor em Petrópolis, nesta terça-feira (26/7). É a continuidade das intervenções emergenciais para recuperar o município depois da tragédia decorrente das chuvas de fevereiro e março deste ano. O investimento no Extravasor ultrapassa os R$ 74 milhões.

Reprodução / Redes Sociais

"As ações incluem a recuperação inicial da tomada d’água, desassoreamento do Rio Palatinato, no deságue do Extravasor e no Rio Itamaraty, limpeza e desobstrução em toda extensão do túnel, ajuste da confluência do Extravasor com o Rio Itamaraty, reforma e recuperação da estrutura e execução de galerias para o ordenamento da drenagem e esgotamento sanitário", explica o secretário de Infraestrutura e Obras, Rogério Brandi.


O aposentado Sebastião Canhaci, de 68 anos, mora nas redondezas do Extravasor há 50 anos e está animado com o início das obras.


"A tragédia mudou nossas vidas para sempre e as lembranças ruins continuam visíveis em todos os cantos da região. Mas a partir de hoje o nosso único pensamento é ver as obras progredindo", disse Sebastião.


Já o vice-presidente da Associação de Moradores da Rua Quissamã, Heliton Fráguas, de 41 anos, disse estar aliviado com as novidades.


"A cada chuva ficamos preocupados, a sensação de insegurança é constante. Com o início das obras, já temos a expectativa de que poderemos desfrutar da tranquilidade que tanto esperávamos", frisou Fráguas.


Obras emergenciais


Além do túnel extravasor, o Governo do Estado está reconstruindo os muros de contenção do Rio Quitandinha, na Avenida Washington Luiz, além de estar recuperando os muros de pedras remanescentes, a canalização, a pavimentação e o guarda-corpo entre as ruas Rocha Cardoso e Doutor Nelson Rocha de Sá Earp.


Na Getúlio Vargas, mais especificamente na Avenida Portugal, as intervenções estão no estágio de colocação de cortinas atirantadas. Na Rua 24 de Maio, cinco cortinas de contenção estão sendo fixadas. A Rua Nova, por sua vez, passa por intervenções que visam conter as rachaduras do solo. As ruas Teresa, Conde D’Eu e Pedro Ivo também estão recebendo melhorias para evitar novos desastres naturais.


Moradias


Em conjunto com as obras emergenciais, o Governo do Estado também está investindo na reforma de condomínios. Quatro conjuntos habitacionais estão sendo recuperados: Moacyr Padilha, Sérgio Fadel, Castelo São Manoel e Quitandinha. O investimento é de R$13 milhões.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif