EUA constroem refinaria para 'saquear' petróleo da Síria


(Reprodução)

Militares dos EUA e das Forças Democráticas da Síria (SDF, na sigla em inglês) estão construindo uma refinaria de petróleo na província de Al-Hasakah, nordeste da Síria, escreveu a agência síria SANA.

A SANA estima a capacidade das instalações, que estão sendo erguidas nos campos de Rmelan, em 3.000 barris por dia.

As fontes citadas pela agência preveem que nos próximos meses haverá "um grande aumento do roubo e pilhagem do petróleo sírio da região" após a entrada em serviço da refinaria.

O conflito armado na Síria dura desde 2011, com as forças governamentais do presidente Bashar al-Assad lutando contra vários grupos extremistas, incluindo o Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países). O grupo foi declarado derrotado no final de 2017, mas os EUA passaram a ocupar campos petrolíferos no leste e nordeste da Síria, argumentando que o petróleo pode cair nas mãos de terroristas.

Damasco, que apenas reconhece como intervenientes legítimos do exterior os militares da Rússia, protesta, com alguns outros países na região, contra o saque dos recursos naturais da Síria, que incluem não só petróleo, mas também trigo. Os campos petrolíferos de Rmelan são dos maiores da Síria.


Fonte: Agência Sputnik

300x250px.gif
728x90px.gif