EUA vão aceitar viajantes vacinados com CoronaVac


(Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

Os Estados Unidos vão aceitar a entrada de visitantes vacinados com vacinas contra a covid-19 autorizadas pelos órgãos reguladores dos EUA e também aquelas aprovadas para uso emergencial pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Isso incluiria a CoronaVac, da farmacêutica chinesa Sinovac produzido no Brasil com o Instituto Butantan que teve o uso autorizado pela OMS em junho.

O Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) informou que seis vacinas aprovadas pela FDA, a agência reguladora norte-americana e listadas para uso emergencial pela OMS atendem aos critérios para que o visitante possa entrar nos EUA.

Atualmente, a lista da OMS inclui os imunizantes CoronaVac, Pfizer/BioNTech, AstraZeneca, Janssen, Moderna e Sinopharm.

O CDC disse ainda que no início da semana as companhias aéreas foram informadas sobre as novas regras para que pudessem atualizar seus sistemas de informações. O centro também disse que vai divulgar orientações e informações adicionais sobre as novas formas de acompanhamento epidemiológico dos viajantes internacionais.

Os EUA haviam suspendido todas as restrições de viagens internacionais para adultos estrangeiros completamente vacinados contra a covid-19 a partir do próximo mês, mas sem informar quais vacinas entravam na lista.

300x250px.gif
728x90px.gif