top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Exército exige de militares vacina e máscaras e proíbe fake


(Foto: Marcos Corrêa/PR)

O comando do Exército anunciou, nesta quinta-feira (6) um conjunto de diretrizes para o combate à covid-19. Entre elas, ao contrário do que prega o presidente Jair Bolsonaro, está a obrigatoriedade de vacinação para todos os militares que retornem ao trabalho presencial, além do distanciamento social adequado e o uso de máscaras. Chama atenção também a proibição de divulgar fake news sobre a pandemia.

O documento foi assinado pelo comandante do Exército, o general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira.

No texto, o comandante esclarece que o objetivo é o retorno pleno de todas as atividades administrativas e operacionais. Segundo o general, isto só será possível com o avanço da vacinação e se as orientações do Ministério da Saúde forem seguidas.

Entre outras determinações, o Exército estabeleceu que todos devem apresentar o comprovante de imunização para a volta ao serviço presencial.

Além disso, militares e servidores civis que retornarem de viagem internacional, a serviço ou privada, mesmo que não apresentem sintomas relacionados à doença, deverão realizar o teste de RT-PCR até 72 horas antes do embarque.

O comandante determinou ainda que todos devem orientar seus parentes a agirem da mesma forma. Os militares ou servidores que prestarem informações falsas estarão sujeitos às sanções penais e administrativas previstas em lei.

Comments


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page