Exército volta a bancar cerveja com dinheiro público


(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Secretaria Geral do Exército, sediada no Quartel General em Brasília, anunciou nesta sexta-feira (7) a compra de “gêneros de alimentação e panificação” para atender às necessidades do hotel de oficiais, subtenentes e sargentos. Nada demais, se a lista não incluísse 200 fardos com 12 unidades de "cerveja com álcool da marca Skol" e as compras desse gênero já não tivessem sido alvo de investigação do Tribunal de Contas da União e suspensas pelo Ministério da Defesa. As informações são do Radar da Veja.

Segundo a reportagem, o custo total para o contribuinte brasileiro só com cerveja é calculado pelo Exército em R$ 5.768,00.

Em maio do ano passado, após o primeiro escândalo do gênero, o ministro da Defesa, general Braga Netto, anunciou a suspensão da compra de bebidas alcoólicas pelas Forças Armadas com dinheiro público. O tema rendeu investigação pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Em dezembro último, a Folha de S.Paulo revelou que, enquanto muitos brasileiros se aglomeravam em filas de açougues para garantir doações de ossos, o Ministério da Defesa usava recursos (R$ 535 mil) que deveriam ser gastos em enfrentamento da covid-19 para dobrar as refeições feitas com filé mignon e picanha, itens que se tornaram luxo para a maior parte das famílias brasileiras. No relatório, os auditores do Tribunal ponderaram que devido a pandemia da covid-19 e a crise econômica vivida por milhares de brasileiros, "não parece razoável alocar os escassos recursos públicos na compra de itens não essenciais, especialmente durante a crise sanitária, econômica e social pela qual o país está passando, decorrente da pandemia". Não há justificativa razoável, apontou o relatório do TCU

Em fevereiro de 2021, foi revelado também que militares utilizaram dinheiro público para bancar 80 mil cervejas, centenas de latas de Skol Beats, 714 mil quilos de picanha e 1,3 milhão de quilos de carvão.




Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg