Ex de Bolsonaro omitiu ser dona de mansão na Noruega, diz revista


(Reprodução)

Ana Cristina Valle, a segunda ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro (PL), é proprietária de uma mansão na Noruega avaliada em 13 milhões de coroas norueguesas, mais de 7 milhões de reais. A existência do imóvel foi descoberta através de reportagem da revista Crusoé. Ana Cristina não declarou o imóvel ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) quando foi candidata à deputada federal em 2018. Também ocultou o imóvel ao declarar imposto de renda, o que configura crime de sonegação fiscal - cuja pena pode chegar a dois anos de prisão e multa.

Advogada e mãe de Jair Renan, filho 04 de Bolsonaro, Ana Cristina se mudou para Halden, a 118 quilômetros de Oslo, capital norueguesa, depois de conhecer, onze anos atrás, o carpinteiro Jan Raymond Hansen.

De acordo com o documento obtido pela Crusoé, a ex-mulher de Bolsonaro comprou a casa em fevereiro de 2013. Ela já havia comprado um imóvel na mesma rua em 2011, que foi vendida em 2015. Procurada por meio de seus advogados, ela não quis se manifestar.

Mansão de R$ 3,3 milhões no Lago Sul

Atualmente, Ana Cristina mora em Brasília e tem um emprego de assessora no gabinete da deputada federal Celina Leão (Progressistas-DF).

Em julho de 2021, ela e o 04 do presidente trocaram o apartamento que Bolsonaro residia antes de ser eleito presidente por uma mansão de dois andares, com piscina e área de lazer, no Lago Sul, bairro onde mora a classe mais abastada da capital federal.

Ana Cristina Valle é investigada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) por suspeitas de coordenar um esquema de uso de funcionários fantasmas e rachadinhas no gabinete do vereador do Rio de Janeiro e filho 02 de Bolsonaro, Carlos Bolsonaro (Republicanos).

Segundo revelações feitas pelo ex-empregado de Ana Cristina, Marcelo Luiz Nogueira dos Santos, Jair Bolsonaro passou toda a coordenação do esquema de “rachadinhas” dos gabinetes dos filhos para os próprios (Flávio e Carlos), após descobrir que a sua ex-mulher o traía com o bombeiro que fazia a escolta da família no Rio de Janeiro.


300x250px.gif
728x90px.gif