Ex de Bolsonaro sacou mais de R$ 1 milhão em dinheiro vivo


Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro (Reprodução)

Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro, registrou saques que somaram R$ 1,15 milhão em espécie por meio de uma empresa aberta em seu nome em 2007. Os dados constam de um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) enviado ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) no âmbito da investigação que apura o esquema das rachadinhas no gabinete do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), na qual o filho 02 do presidente Jair Bolsonaro é citado como chefe da organização criminosa.

Em setembro, a Justiça autorizou ao MP-RJ o acesso aos dados bancários de Ana Cristina de maio de 2005 a maio de 2021. Ela e Bolsonaro se separaram em junho de 2008, um divórcio litigioso com acusação de furto e relato de patrimônio não declarado do casal a partir de outubro de 2007. As movimentações atípicas levaram à quebra de sigilo de 26 pessoas que foram vinculadas ao gabinete do vereador Carlos Bolsonaro, entre os quais o de Ana Cristina, que foi chefe de gabinete do parlamentar entre 2001 e 2008, e de outros dois funcionários integrados à Valle Ana Consultoria.

De acordo com os promotores do caso, citado pelo Globo, “a elevada movimentação de recursos em espécie por Ana Cristina Siqueira Valle sugere que a mesma seja a real destinatária dos recursos públicos desembolsados em nome dos parentes por ela indicados para o gabinete de Carlos Nantes Bolsonaro”.

'Chefe da organização'

Na decisão em que autorizou a quebra de sigilos bancário e fiscal de Carlos Bolsonaro, o juiz Marcello Rubioli, da 1ª Vara Criminal Especializada do Tribunal de Justiça do Rio, avaliou os dados apresentados pelo MP-RJ e escreveu ao longo de 79 páginas que verificou "indícios rotundos de atividade criminosa em regime organizado" e que "Carlos Nantes [Bolsonaro] é citado diretamente como o chefe da organização", segundo foi publicado pela jornalista Juliana Del Piva, no UOL.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg