Ex-funcionária do HEAL é presa roubando no hospital


Foto: Divulgação

Ex-funcionária do Hospital Estadual Azevedo Lima, no Fonseca, uma mulher de 43 anos foi presa na manhã desta quinta-feira (4/3), após furtar uma bolsa dentro da unidade. Segundo a Polícia Militar, agentes foram acionados depois da denúncia sobre o furto.


Uma cuidadora de idosos contou que foi ao banheiro e ao voltar percebeu que sua bolsa tinha sumido. Os funcionários da unidade desconfiaram da ex-funcionária, que foi vista circulando no local, e avisaram à polícia, fornecendo, também, informações sobre as características físicas da mulher.


Depois de algumas buscas pelo hospital, a mulher foi encontrada ainda dentro da unidade e, com ela, a polícia encontrou a bolsa da vítima, além de cartões de créditos de outras pessoas.


O caso foi registrado na central de flagrantes da 76° DP (Centro), onde a ex-funcionária permaneceu presa pelo crime de furto.


Polícia segue investigando "vacinas de vento"


A Polícia Civil segue investigando denúncias sobre falsas aplicações de vacinas contra a Covid-19 em Niterói e em outras cidades do estado. Np dia 12 de fevereiro, uma profissional de 42 anos chegou a espetar a seringa carregada no braço de um idoso de 90 anos, mas em seguida a retirou sem pressionar o êmbolo para injetar o imunizante. Ela foi denunciada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e virou ré na ação.


A Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol) informou que há outros possíveis desvios relacionados à vacinação na capital e em outras cidades do estado. Um deles em Petrópolis, na Região Serrana, onde mais uma denúncia de 'vacina de vento' está sob investigação da Delegacia de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (DCC-LD) e 105ª DP (Petrópolis).

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif