Faixas etárias mais baixas geram filas maiores na vacinação em Niterói

A mudança de faixas etárias no calendário de imunização contra a Covid-19 tem provocado aumento na procura por vacina em postos de saúde de Niterói. À medida em que o calendário avança pelos segmentos de idades mais baixas, o contingente de pessoas vai ficando maior. Com o aumento da demanda, as equipes técnicas da Secretaria Municipal de Saúde estão demorando mais no atendimento, gerando espera prolongada, filas e, em alguns casos, aglomerações.

Divulgação

Na última quarta-feira (31/3), o presidente da Comissão de Saúde e Bem-Estar Social, vereador Paulo Eduardo Gomes (PSOL), enviou um ofício ao prefeito Axel Grael pedindo a reorganização e o aumento das equipes de enfermagem disponíveis nos postos.


No documento, o presidente da comissão destacou também a necessidade da participação presencial das Administrações Regionais, que neste momento estão exercendo a maioria de suas atividades remotamente, para dar apoio no cadastramento do público e ajudar a acelerar o processo.


“Outras secretarias e órgãos evidentemente podem ser mobilizados para tal tarefa, mas nos chama atenção as Administrações Regionais encontrarem-se majoritariamente em home-office neste momento, já que são órgãos públicos que, em regra, estão sediados nos mais diversos bairros da cidade e pretendem se estabelecer como canais de apoio à população local, sendo muito apropriada esta atuação agora junto das unidades de saúde mais próximas de suas respectivas áreas de abrangência”, diz o texto.

Questionada sobre a possibilidade de aumentar o número de profissionais de enfermagem e de atendimento ao público nos locais de vacinação, a Prefeitura de Niterói, até o fechamento desta matéria, não respondeu à solicitação.


Imunização prossegue


No último boletim divulgado pela prefeitura de Niterói, cerca de 81.500 mil pessoas já haviam recebido a primeira dose e mais de 24.500 tinham recebido a segunda dose, entre trabalhadores da saúde e idosos.


Nesta segunda-feira (5/4) começa a vacinação de pessoas com 68 anos. Para receber a primeira dose, os idosos devem levar CPF e um documento de identidade com foto. Para a segunda dose também é necessário apresentar o comprovante de vacinação.


Aos sábados, duas policlínicas regionais e o drive thru do Campus Gragoatá da UFF ficarão abertos, das 8h às 12h, para vacinação. No próximo sábado (10/04), estarão abertas as policlínicas regionais da Engenhoca e Largo da Batalha. Já no dia 17, as policlínicas regionais Sérgio Arouca e Carlos Antônio da Silva. No dia 24, a vacinação acontece nas regionais do Fonseca e Itaipu. No dia 1º de maio, a imunização será nos postos de Piratininga e Barreto.


Endereços dos postos:


Policlínica Sérgio Arouca - Rua Vital Brazil Filho, s/nº - Vital Brazil.

Policlínica Dr. João da Silva Vizella - Rua Luiz Palmier, 726 – Barreto.

Policlínica Regional de Itaipu - Avenida Irene Lopes Sodré – Itaipu.

Policlínica Regional Carlos Antônio da Silva - Avenida Jansen de Melo, s/nº - São Lourenço.

Policlínica Regional Doutor Guilherme Taylor March - R. Desembargador Lima Castro, 238 – Fonseca.

Policlínica Regional de Piratininga Dom Luís Orione – Rua Dr. Marcolino Gomes Candau, 111– Piratininga.

Policlínica Regional Dr. Renato Silva - Avenida João Brasil, s/nº - Engenhoca.

Clube Central - Av. Jornalista Alberto Francisco Torres, 335 - Icaraí.

Drive thru da Universidade Federal Fluminense (UFF) - Campus Gragoatá - Rua Alexandre Moura, 8 - São Domingos.

*Até o fechamento desta edição não recebemos um posicionamento da Prefeitura Municipal de Niterói.

1/3
300x250px - para veicular a partir do di

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também: