Falésia desaba sobre lanchas e mata turistas no Lago de Furnas-MG


(Reprodução)

Turistas que estavam passeando de lanchas no Lago de Furnas, em Capitólio, no Centro-Oeste de Minas Gerais, neste sábado (8), tiveram suas embarcações atingidas quando uma grande rocha se despedaçou de uma falésia em direção à água. Cinco pessoas morreram e ao menos 32 ficaram feridas. Ao menos outras 20 pessoas estão desaparecidas.

Vídeos registram imagens do momento da queda da rocha que causou uma grande onda, e envolveu as lanchas no lago.

Em um dos vídeos, os passageiros de uma lancha tentam avisar sobre o deslizamento de pedras, segundos antes da queda do cânion que atingiu três embarcações com turistas.

O vídeo mostra o momento exato que o cânion começa a ruir. É possível ouvir o passageiro gritando para os condutores das outras embarcações, mais próximas das pedras: "saiam daí".

Uma das vítimas é uma mulher natural de Belo Horizonte, mas que mora no Rio de Janeiro.

Ambulâncias do departamento de emergência de São José da Barra (MG), a 45,5 quilômetros do local do incidente, foram acionadas para transportar as vítimas. Os bombeiros também participaram da ação de resgate.

De acordo com os Bombeiros, entre as pessoas que ficaram feridas nove estão hospitalizadas nas cidades de Passos, Piumhi e São José da Barra. Pelo menos três barcos foram atingidos, dos quais dois afundaram.

Em coletiva à imprensa, o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Edgard Estevo, explicou que as buscas para encontrar desaparecidos vão continuar, mas os mergulhadores vão interromper seu trabalho durante a noite, por segurança.

Ainda não se sabe o que causou o acidente. Por meio de nota, a Marinha do Brasil informou que um inquérito será instaurado para apurar causas e circunstâncias do acidente.

Segundo informou o Corpo de Bombeiros, havia entre 70 e 100 pessoas no local no momento do acidente.

Veja os vídeos do momento da tragédia.





Ganhe_Ate_300x250px.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
Aumentou_728x90px.gif