top of page

Famoso maestro russo ministra aulas no Conservatório da China

Mikhail Golikov, presidente, diretor artístico e maestro principal da Filarmônica Federal de São Petersburgo para Crianças e Jovens, tornou-se professor visitante do Conservatório de Música da China. Como parte de um ciclo de palestras de mestres de destaque do cenário mundial, realizado pelo Conservatório de Música da China, Golikov deu aulas e também tocou com a Orquestra Sinfônica do Conservatório um programa especial, em homenagem ao aniversário do grande compositor russo, Alexander Borodin.

Foto: IStock

Em um comentário exclusivo para a TV BRICS, o maestro falou sobre sua visão da cooperação entre instituições musicais da Rússia e da China e como isso pode promover o intercâmbio cultural entre os dois países:


"Minhas metas e objetivos são expandir a troca de experiências com os principais professores do Conservatório da China e trabalhar para popularizar a música sinfônica russa na China. [...] Infelizmente, apesar de o público estar bem familiarizado com as obras de Tchaikovsky, Rachmaninov e Shostakovich, muito menos conhecidas são as obras de outros excelentes compositores, que são muitos em nossa história musical dos séculos XIX e XX."


Além disso, outras palestras foram ministradas no Conservatório por estrelas da música clássica, como Vadim Repin, violinista e "artista do povo" (título honorífico) da Rússia, Julian Lloyd Webber, violoncelista britânico, e Stephen Maddock, diretor executivo da Orquestra Sinfônica de Birmingham.


De acordo com Golikov, é muito importante convidar maestros e solistas de diferentes países para participar de eventos diversos.


"Tenho certeza de que o programa de palestras que conduzi também contribuirá para esse intercâmbio cultural", acrescentou o maestro.


O Conservatório de Música da China é uma das mais renomadas instituições de ensino superior do país asiático. Com professores de primeira classe, o Conservatório de Música da China é líder nacional em todas as disciplinas. Ele foi fundado em 1964. Em 50 anos, o Conservatório produziu um grande número de músicos excepcionais.


O lado humanitário ocupa um importante lugar no conceito da iniciativa do Cinturão e Rota. O desenvolvimento de projetos culturais conjuntos e a expansão da cooperação nos setores de educação, ciência e esportes devem superar a falta de união entre os povos e promover compreensão e respeito mútuos, além de confiança.


A iniciativa do Cinturão e Rota foi lançada pelo governo chinês em 2013. Em 17 e 18 de outubro de 2023, foi realizado o Terceiro Fórum de Cooperação Internacional "Um Cinturão, Uma Rota", que contou com a presença do presidente russo, Vladimir Putin. Antes do evento, a rede internacional TV BRICS e a CGTN apresentaram um projeto de mídia conjunto. O programa está disponível na versão em inglês do site da TV BRICS.


Fonte: TV BRICS

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page