Felipão está de volta, agora como técnico do Athletico-PR

Atualizado: 5 de mai.


(Divulgação/Athletico)

Horas após anunciar a saída do técnico Fábio Carille, o Athletico-PR fechou com Luiz Felipe Scolari no final da tarde desta quarta-feira (4). Além do comandante da seleção brasileira no pentacampeonato mundial, o Furacão acertou com os auxiliares Carlos Pracidelli e Paulo Turra.

Aos 73 anos, esperava-se que Felipão fosse assumir uma função semelhante ao que Paulo Autuori fazia no clube. Seu último trabalho foi no Grêmio no ano passado. Após passar um período em Portugal com a família, o técnico voltou ao Brasil no final de abril. Além do Furacão, Felipão recebeu consultas de seleções da América do Sul e da África e de um clube da Espanha.

Além do pentacampeonato mundial, Felipão tem títulos de tetracampeão da Copa do Brasil, bicampeão da Libertadores e campeão brasileiro.

Favio Carille ficou apenas 21 dias no cargo, deixando o Athletico-PR após a derrota por goleada de 5 a 0 para o The Strongest (Bolívia), em La Paz, pela fase de grupos da Copa Libertadores. A decisão de demiti-lo partiu do presidente do clube, Mario Celso Petraglia. Além de Carille, o clube comunicou o desligamento dos auxiliares Leandro da Silva e Denis Faria Luup e a demissão do diretor de futebol Fernando Yamada.

Na mensagem na qual anunciou o acerto com Felipão, o Furacão lembrou que, além de campeão de uma edição da Copa do Mundo com a seleção brasileira, o treinador é bicampeão da Libertadores, bicampeão do Brasileiro e tetracampeão da Copa do Brasil.

Ganhe_Ate_300x250px.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
Aumentou_728x90px.gif