Felipe Peixoto vai a São Fidélis apoiar o combate à covid


Felipe e a diretora da Clínica da Família Luciana Rifan

O deputado estadual Felipe Peixoto (PSD) iniciou pelo Noroeste sua agenda de visitas a municípios de outras regiões do estado do Rio. O roteiro começou nesta quinta-feira, 15/04, por São Fidélis, onde o parlamentar teve encontros com o prefeito Amarildo Alcântara e outros gestores de diversas áreas para verificar as principais necessidades da cidade. As visitas tiveram atenção especial a questões de saúde, já que na última quarta-feira, 14/04, o estado passou da marca de 40 mil óbitos por Covid-19, com média móvel de mortes chegando a 258 por dia, a segunda maior já atingida em território fluminense desde o início da pandemia, em março do ano passado.

Entre os temas discutidos estão os procedimentos referentes a habilitação de dez leitos que acabam de ser liberados pela Comissão de Intergerstores Bipartite do Estado do Rio (CIB-RJ) para o tratamento de vítimas do coronavírus na cidade; a aquisição de kits de entubação e demais equipamentos hospitalares; e a necessidade de investimentos e ajuda do Governo do Estado aos municípios para fazer frente aos desafios da pandemia.

Depois do encontro com o prefeito Amarildo Alcântara, o deputado seguiu com a agenda na cidade, em visitas como as feitas à Secretaria Municipal de Assistência Social e à Clínica da Família Valdemir Diniz, onde se reuniu com a diretora Luciana Rifan. A unidade é uma das que foram inauguradas em todo o estado em 2015, durante a gestão de Peixoto como secretário estadual de Saúde.

- É fundamental que nós, parlamentares, estejamos próximos da população conhecendo de perto as reais necessidades de cada região, de cada cidade, para podermos atuar junto aos órgãos de governo de maneira assertiva. A visita em São Fidélis foi muito proveitosa, e creio que vamos poder ajudar a esse município - avaliou o deputado.

Participou da reunião com o prefeito de São Fidélis o administrador hospitalar Filipe Mocaiber, presidente da Associação Hospitalar Armando Vidal, instituição filantrópica de administração compartilhada com a prefeitura e único hospital da cidade com mais de 40 mil habitantes, mas não tem sequer Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ao todo, são 117 leitos na unidade, 46 deles exclusivos para Covid, sendo 36 da enfermaria e os dez de UTI que acabam de ser liberados pela CIB. Mocaiber também considerou o encontro como muito positivo, com possibilidades de novos projetos para a Associação.

300x250px.gif
728x90px.gif