Fifa marca novo Brasil x Argentina interrompido pela Anvisa


(Reprodução)

Suspensa por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 5 de setembro do ano passado, a partida Brasil x Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo deve ser realizada em um novo local a ser definido, decidiu a Fifa nesta segunda-feira (14). A partida foi interrompida aos cinco minutos, após agentes do órgão regulador entrarem em campo para retirar quatro jogadores da seleção argentina que descumpriram os protocolos sanitários em vigor da pandemia de covid-19.

"O Comitê Disciplinar da Fifa decidiu que a partida deve ser repetida em uma data e local a serem decididos pela Fifa", informou a Fifa através de um comunicado oficial, acrescentando ainda: "Concluiu-se que o abandono da partida foi devido a várias falhas das partes envolvidas em suas respectivas responsabilidades e/ou obrigações."

Além da marcação de uma nova partida, a Fifa também determinou que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Associação de Futebol Argentina (AFA) paguem multas de 550.000 (R$ 3,1 milhões) e 250.000 francos suíços (R$ 1,4 milhão), respectivamente, "pelo não cumprimento de suas obrigações em termos de ordem e segurança".

Os jogadores argentinos Emiliano Buendia, Emiliano Martínez, Giovani Lo Celso e Cristian Romero, que deixaram de cumprir os protocolos e se apresentaram para o jogo, foram suspensos por dois jogos cada um.

Tanto Brasil como Argentina garantiram sua passagem antecipada para a Copa do Mundo no Catar, que será disputada entre 21 de novembro a 18 de dezembro deste ano. O resultado desta nova partida não terá nenhuma influência para os demais concorrentes, que ainda buscam vaga no Mundial.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg